Minha primeira orgia

Usarei o nome fictício de Emily. Tenho 1,68, tenho seios fartos e faço exercícios regularmente para manter a forma, mas nada exagerado. Sou bissexual.

O conto a seguir aconteceu há 8 anos atrás, quando eu tinha 24 anos. Na época eu namorava um rapaz há 6 meses e um dia ele me fez uma proposta de participar de uma orgia. Ele disse que já tinha ido a uma há alguns anos, mas nunca tinha feito de novo.

Me contou que um amigo seu estava organizando uma orgia com pessoas de confiança, afinal é uma coisa arriscada de se fazer com qualquer pessoa. Primeiro fiquei muito receosa, mas ele me relaxou e disse que seria bom. A ideia acabou ficando na minha cabeça e parecendo cada vez mais excitante, ainda mais porque eu gostava de experimentar coisas novas. Acabei topando e algumas semanas depois fomos para a tal da orgia.

O amigo que estava organizando tudo alugou um quarto de motel com o dinheiro que todos demos para a coleta. Tinha direito à tudo e durante a noite inteira. O quarto era imenso e dava para fazer tudo o que quisesse. Havia umas 15 pessoas quando chegamos (mas ainda foram chegando outras, totalizando umas 20, creio eu) e, sem contar com o meu namorado, eu conhecia apenas um casal. Fomos falar com eles e estavam na mesma situação que eu. Já havia algumas pessoas nuas. Vi um rapaz chupando a buceta de uma mulher enquanto outro mamava os peitos dela, mas os dois estavam vestidos. Vi um rapaz receber um boquete de uma moça e assim ia.

Conversamos um pouco entre nós quatro e ouvimos o característico com do sexo. A primeira penetrada na noite. Eles estavam no sofá, ela só com a saia levantada e ele com a calça abaixada, enfiando nela por trás.Vi meu namorado tocar o pau duro por cima da calça e decidi ajudar ele.

Botei o seu pau pra fora e bati uma punheta para ele. “Olha bem pra eles”, sussurrei em seu ouvido “isso te deixa doidinho, né?”. Ele mordeu o lábio e me colocou de joelhos, me fazendo chupar o seu pau. Conforme o chupava, ouvi mais barulhos de gente fodendo aos fundos e eu via ele observando aquilo tudo, ficando louco. O casal ao nosso lado também estava se pegando, ele enfiava a mão dentro da calcinha dela e ela gemia.

Uma desconhecida chegou do meu lado e se ajoelhou. Dei o pau do meu namorado para ela chupar e dividimos a rola e as bolas dele. Nos beijamos olhando pra ele e ele estava louco e já ouvia ele gemer.
Tirei a minha roupa e a coloquei num lugar onde eu fosse lembrar depois. Ele começou a fazer o mesmo. A moça continuou chupando o pau dele e eu decidi fazer algo diferente. Comecei a passar a mão na bucetinha dela e ela estava tão molhada que fiquei louca. Ela me dedou enquanto chupava o meu namorado e achei aquilo uma delícia.Meu namorado se distanciou para ir comer alguém e eu não me importei.

Levei aquele delícia pro sofá, abri as pernas dela e comecei a chupar ela, enfiar dedo e fazer tudo do melhor jeito possível e ela gemia alto. Senti um cara me chupar por trás e não me importei nem em saber quem era, só sei que estava uma delícia. Ele começou a me fuder enquanto eu chupava aquela bucetinha e nossa, que pau gostoso, que buceta gostosa. Eu comecei a gemer de tesão.

Um rapaz de pau duro sentou ao lado dela e ela se levantou para ir sentar nele. Fiquei ali sentindo aquele pau maravilhoso dentro de mim, me virei para ver seu rosto, mas sinceramente, nem lembro mais. Me virei para chupar aquela delícia e enquanto eu o chupava, já senti outro enfiando em mim, esse com mais força. Um pau gostoso também. Estava achando que eu ia ficar louca com aquilo tudo.
O de trás veio para minha frente e fiquei dividindo aqueles dois paus na minha boca. Cheguei a botar os dois de uma só vez e eles adoraram.

Me levantei e beijei os dois, batendo punheta pros dois.

Um deles foi foder em outro canto e o outro me botou no sofá, me abrindo e chupando minha buceta, e nossa como ele me chupava bem. “Aiii isso me chupa, gostoso.” Do meu lado tinha um homem que batia punheta enquanto me via gemer que nem uma puta e peguei no pau dele pra bater punheta pra ele e depois botei o pau dele na boca. O outro me chupou até eu gozar na boca dele e continuou me chupando enquanto eu gozava, o que fez eu tremer. Dei um beijo nele e me virei pra sentar no pau do cara que estava ao meu lado.

Rebolei naquele pau e sentei nele com gosto. Eu estava tão louca de prazer e tesão que nem me reconhecia. Sentei nele até ele gozar e me sentei ao lado dele, recuperando fôlego.
Uma moça veio até mim e me beijou. Nos ajeitamos no sofá e ficamos em posição de tesoura, roçando nossas bucetas. Dois caras viram a cena e enfiaram o pau, um na minha boca e outro na dela. Só depois de um tempo que percebi que o pau na minha boca era do meu namorado. Eu gozei de novo naquela situação e depois eu e ele tomamos um tempo para recuperar o fôlego e ficamos juntinhos num cantinho observando tudo.

Claro, depois continuamos, mas vou parar o conto por aqui, ou então ele vai ficar muito longo hahaha
Até a próxima 😉

Rate this post