Incesto: Mãe e filho

Como descobri, que a minha mulher fazia sexo com o filho?,nós naturalmente, dormíamos na mesma cama, e a partir de terminada altura, ao acordar percebi que ela já não estava comigo, mas pensei, que teria vindo por os cães no pátio para fazerem o xixi, ao outro dia a mesma coisa, e aí estranhei, e pôs-me atento, e às tantas comecei ouvir um fungar pelo nariz, um jeito igual àquele que ela fazia quando estávamos a fazer sexo. Passado um bom bocado, eram para aí umas 7,30 horas da manhã, ela apareceu no quarto e eu perguntei; onde estavas? fui ao quarto do António(nosso filho), e fiquei lá até ele se por a pé, senão chega atrasado ao trabalho.

Naquele dia fiquei com aquela, mas não muito convencido. Ao outro dia, a mesma coisa, acordei por volta das 7 horas, e ela já lá não estava comigo, e lá estava outra vez o fungar como se estivesse a foder, levantei-me com muito cuidado e fui até à porta do quarto que ficava de frente para o do António, e assim percebi que realmente ela estava a foder com o filho.

Aproximei-me, em pé descalço, e pela frincha da porta vi que eles estavam a fazer de cadeirinha, e o Tó, fodia que nem um danado cheio de tesão, só não podiam gemer, e por isso ela fazia aquele fungar para não ser ouvida. Voltei, para a cama, e quando ele a chegou, fiz de conta que ainda dormia, então foi ao WC lavar-se, e voltou para a cama. Perante estes movimentos, confirmei, que não só fodia como o filho se esporrava dentro dela, fiz que nada se passava, até porque eu tinha algumas boas amigas, com quem eu fodia e bem, mandei-a à merda e nem disse nada. No dia seguinte voltou ao mesmo, só que desta vez, eu não a ouvia a fungar, fui espreitar, pois não podia mesmo fungar, ela estava a mamar no caralho do Tó.
Eu andava a comer a empregada, e um dia perguntei-lhe; ouve lá, tu por acaso não reparaste em nada nas relação do Tó com a mãe?, ela ficou vermelha, e disse a medo, – Não fiques zangado nem digas que eu te disse alguma coisa, mas eu acho que os dois andam a foder, porque há dias, eles vieram mais cedo para casa, e eu sem querer, apanhei-os a beijarem-se, e foram para o quarto, e então, pus-me à escuta, e sim eles fodiam loucamente. Ok disse eu, não digas a ninguém, porque eu também não vou dizer nada, só que vou foder mais contigo mesmo aqui em casa, e eles não têm coragem de dizer nada, se nos apanharem.
E assim foi, eu preparei uma maquina de filmar, para ela os filmar quando voltasse acontecer, porque de dia eles iam mesmo na hora de ela sair, mas ela a meu pedido, disparava a maquina quando chegassem, e ia embora, e telefonava-me a dizer que eles lá estavam a foder.

Assim eu vinha mais cedo, parava o carro à porta ficava a falar ao telefone só para lhes dar tempo a prepararem-se, e eu não dizia nada nem para aqui nem para ali.

Quando eu pode, fui ver a maquina, que já tinha chegado ao fim da fita, mas tinha muito filme, e com calma, preparei tudo sem ninguém ver, e levei para o carro tudo.Meus amigos, eu pensava que sabia foder e que tinha fodido de todas as maneiras e mais uma com a minha mulher mas não, o Tó só não lhe foi no cu, mas tudo o resto foi cá uma foda!!!! que vos irei contar

Rate this post