Segredos da esposa

Olá! estou enviando essa historia verídica, todos os detalhes aconteceu comigo e minha esposa esse é só o inicio, hj já estamos ciente de tudo e somos um casal liberal, temos vários contos para vocês esse é só o primeiro temos vários, estou mandando a foto dela também se vocês divulgarem por favor coloque a foto dela.

Segredos da esposa
Quando conhece minha atual esposa, ela sempre dizia que adorava a família, e se dava bem com todos os seuscunhados, mas certo dia ela saiu do grupo de whats da família, e não quis me dizer o motivo até que de tantoinsistir ela me contou, disse que por uma pequena discursarão com seu cunhado, mas que foi bobagem, acheiestranho penso que uma leve discussão não seria motivo para tal, certo dia fui de surpresa em seu apartamentoao chegar na porta vi um carro parado, mais especifico uma picka-up branca o mesmo de seu cunhado, fiqueiesperando pelo de fora aguardando saírem acreditando que a família dela poderia esta lá, mas para minhasurpresa apenas o cunhado dela saiu, ai entrei e ela estava só, perguntei se ela tinha recebido alguém erespondeu a mim que sua irmã tinha acabado de sair, não entende o porque da mentira mas fiquei calado.
Tempo se passou e resolvemos morar juntos e o mistério ficou no ar, com o passar do tempo a confiança aumentou e tive acesso ao seu perfil no face, ao olhar suas postagem antigas, uma delas me chamou atenção
“Sei que vivemos erradamente, mas isso é muito gostoso.” E o curioso é que estava configurado apenas para uma pessoal visualizar, imagina quem! Seu cunhado, fiquei encabulado comecei a investigar e achei em suas coisas umapassagem antiga para a cidade de Itapetinga em seu nome,
O estranho que ela disse que nunca foi lá e mais estranho que o seu cunhado trabalha naquela cidade, resolve observar os dois nas festas da família, bebi um pouco e fingir esta bebo, comecei a perceber uns olhares diferentes entre eles, em outro dia fomos ao rio e lá minha suspeita aumentou quando eles foram nadar em uma parte mais funda, eles mergulharam juntos e depois foram para um lado mais distante, fui pela beira do rio e cheguei perto sem eles perceberem quando ví ela mergulhando diferente a ele e próximos demais, quando ela subiu e saiu do rio eu chamei no canto e perguntei oque estava fazendo?

Ela fez cara de assustada como não tivesse entendido a pergunta, quando chegamos em casa tivemos uma grande discussão, e eu perguntei oque ela foi fazer em Itapetinga, ela negou que já esteve lá algum dia, quando eu a surpreende e revelei a passagem em seu nome, ela disse não lembrar, a discussão acabou mas tinha um plano para descobrir a verdade, uma vez por mês o seu cunhado traz seu filho para acompanhamento medico e sempre o sobrinho fica em minha casa mas o cunhado dela não, nesse dia eu inventei uma viagem rápida a trabalho e resolve me esconder no forro da casa e fiquei em um ponto estratégico na sala perto do quarto, as 10 da manhã eles chegaram, ela atendeu a porta recebeu o sobrinho e ele foi embora,
Continuei escondido e espiando pelas brechas do forro, às 12:30 o sobrinho almoçou e dormiu logo ela foi para oquarto e possivelmente mexer no celular, por volta das 13:00 o seu cunhado chegou, entrou foi a cozinhaalmoçou e depois foi para sala, achei estranho porque achava que os dois não se falavam, mas percebe que eramentira, os dois sentaram no sofá o começaram a conversa em voz baixa não dava para entender, quando ficoutudo em silencio e ficou angustiado para saber oque eles estavam fazendo, procurei uma brecha que desse parave e quando conseguir tomei um susto, ele estava entre as pernas de minha esposa a lambendo e ela disse emvoz alta “ai que saudade disso”
Fiquei abismado e sem reação, continuei observando e eles tiraram toda a roupa e ele ficou por cima e começou, não interrompe e ví ele bater forte e ela gemer alto, aquilo me deixou excitado e quando ele colocou ela de quatro no sofá e começou a fuder ela e ela gemendo pedindo para meter forte eu não aguentei e me masturbei e quando ela gritou “me fode, me fode” eu gozei muito ouvindo minha esposa pedir para seu cunhado meter, aquilo para mim foi estranho mais muito excitante, depois eles terminaram tomaram banho e ele foi embora com seu filho, quando ela saiu para ir a padaria como de costume eu aproveitei e desce para manter a faça de que estava viajando, não contei nada, fingir não saber, a noite na hora de dormir pedir para ela fica pelada de quatro, ela não entendeu mas aceitou, e fiquei olhando ela de quatro e masturbei lembrando da cena de mais cedo, ela de quatro e seu cunhado metendo sua rola negra e grande em seu belo rabo.

Rate this post