Na calada da noite o tesão vem

Isto é uma coisa que dia sim dia não comparece na minha cama. Um desejo de tê-la aqui, de abraçar e beijar e provar.

Mas não. Não é culpa minha. Estava quieta no meu canto. Quando ela me envia a bomba msg, que sua visita em minha casa seria para que eu a usasse . Aquilo me criou uma expectativa e até uma frustração por eu não ter tentado algo. Mas se ela sempre foi minha amiga(linda e gostosa) ,(vontades agente sempre tem. Mas nem todas agente da lugar), axei q os papos quentes por msg fossem só papos. O problema é q ela mora longe e me fala isso quando já tinha partido. Fiquei puta com isso deu vontade de dá um tapa na cara dela enquanto a invadia com meus dedos. E o que eu faço com esse desejo esse tesão que ela plantou aqui na minha cabeça?

Com certeza hà recíproca nesse tesão, mas tbm hà distância q o destino n facilita em aproximar.
O que me resta é volta e meia imaginar como seria duas amigas realizar o desejo de se provarem sem culpa e com muito tesão.

Fecho os olhos e imagino toda preliminar e então chega a parte em que os corpos nus se tocam …e nessa hora já estou em minha realidade me acariciando os lábios da pepequinha com carinho com ritmo. E quando a imaginação vai ficando perversa me viro de bruços encaixando a pepequinha entre o monte mais alto nas cobertas. E vou remexendo, rebolando, forçando como se fosse uma dança até o prazer imaginando o seio dela tocando o meu, seu quadril tocando o meu e a respiração audível pesando no ar. Não demora muito me estremeço, perco a força e às vezes meus olhos ficam sem foco e eu gozo, ali me masturbando imaginando aquela safada q me deixou com uma ideia plantada.

Às vezes mudo o foco da inspiração para meus momentos de prazer solo. Mas sempre volta ao mesmo ponto das preliminares a me enroscar com aquela safada.

Quando vc quer muito. Vc só relaxa quando consegue, e isso buga minha mente. Mas n esqueço do que querem de mim jamais. E se eu puder vou dar com o maior “prazer” até saciar e enjoar.

Rate this post