Chupei muita pica do meu tio – Conto Erótico Privê

Me chamo Marcos,quando era muito novinho,meu tio me levava para pescar numa ilha,depois a gente ia tomar banho no rio ele aproveitava,colocava sempre na frente dele,eu sentia alguma coisa dura roçando minha bundinha, eu não sabia nada mas também não falava nada,as vezes ficava assustado ele me agarrava me apertava,vi um vai e vem ,com o pau no meio das minhas pernas,mas nunca colocou no buraquinho,acho que ele tinha medo de me machucar,o tempo foi passando até que ele começou a colocar minha mão na quele pau duro,ele ia pedindo eu cada dia ia aprendendo a mexer,depois coloco aquilo no meio das minha pernas comesava a mexer,ele me apertou senti alguma coisa saindo e quente,ele começou a passar o a cabeça do pau na portinha lambuzou todo meu rabinho,

Eu já estava acosumando, em outra semana,

Ele pediu para me punhetar ele de novo,e falou que iria me ensinar outra coisa,ele pediu para colocar a boca no pau dele,pediu para abrir a boca,eu abri ele colocou a cabeça,ai pediu para mim passar a lingua,eu não sabia o que fazer,foi guando meu tio,falou espera aqui,voltou com uma banana,começou a me mostrar como eu tinha que fazer,ele começou a chupar a banana,e falou não pode morder,eu começei a chupar o pau dele como ele mandou até que não era dificiu,ele falou voce é esperto aprendeu direitinho,depois de ums 10 minutos ele começou a segurar minha cabeça,e falou agora voce vai tomar leitinho tá,eu tá,ele encheu minha boca de uma coisa branca e falou se não gostar cospe,como era muito,tirei a boca,meu tio continuou a bater punheta e ficou com a mão cheia,ele estava sentado num banco,me puxou ficou passando o pau na minha bundinha,passou a mão no cuzinho ficou todo melado,me lambuzou todo,ai começou a enfiar o dedo no meu buraquinho,eu fui deixando,ele pediu pra mim dá uma chupadinha o pau dele já estava pequeno,ele me colocou de novo me segurou começou a mexer no meu buraquinho,,estava gostando ele já consequia colocar o dedo todo,ai ele pegou começou a colocar o pau no buraquinho,como ele tinha o pau grande mesmo mole ele consequiu colocar um pouco,ele perguntou se estava machucando,eu não,ele começou o vai e vem,eu já estava com minha piroquinha fininha durinha ele percebendo começou a mexer eu gostei,com o tempo o pau dele ficou grande,me assustei,começou a arder,ele tentava mexer,nem consequia,o buraquinho era muito pequeno e estava a metade de pica na minha bunda,pedi pra ele tirar ele ficou com medo e tirou,ele perguntou se estava doendo falei um pouquinho,ele pode deixar não colocar para não te machucar,ele de pau duro de novo pediu para eu chupar,agora com experiencia chupei aquela rola,enviava ele toda na boca meu foi a loucura,acabou gozando de novo na minha boca,eu aproveitei aquele leitinho quente todo.meu tio adorou,ele ainda punhetou meu pauzinho.foi muito bom. Fizemos isso por muitos anos só depois eu entendi que eu estava fazendo sexo com ele.

Leia mais contos de gay virgem

Compartilhe com seus amigos:

6 comentários em “Chupei muita pica do meu tio – Conto Erótico Privê”

  1. Bom conto acho que todo inicio começa assim com carinho e sem nada forçado e respeitando ,
    O garotinho adorou o carinho do titio e aprendeu o prazer … chupou mamaou , foi aprendendo a punhetar até chegar a dar a bundinha que é uma delicia , recebeu aquele leitinho quentinho que é uma delicia , E ficou tudo em familia por vários anos .

    Eu tayla quando eu tinha 17 anos tbm iniciei meu sobrinho um pouco mais velho que eu foram bons anos de transa , chupei muito mais … mais muito a piroquinha fina dele ,, E dei muito a minha bundinha e minha xaninha pra ele , depois ele aprendeu tudo direitinho como comer a titia , Pena que ele tem um pauzinho muito fino e pequeno …

  2. Eu me casei com 19 anos com carla de 20 anos e ficamos morando na casa dos pais dela no inicio. E logo a minha sogra faleceu e minha esposa e eu começamos a fuder com pai dela e até hoje.

  3. Sou casado porém não tenho filhas e nem sobrinha, mais eu adoro ouvir histórias reais desse tipo principalmente entre pai e filha padrasto com a enteada e tio com sobrinha. Portanto se alguém quiser compartilhar suas histórias reais desse tipo pode me chamar no ZAP (062) 9 93 83 46 22

Deixe um comentário