o coroa arrombando o cabaço da novinha crente

Me chamo Anderson tenho 40 anos e escrevi algumas de minha aventuras por aqui, sempre deixo meus emails para contato, uma certa semana recebi uns 30 emails e a maioria era so curiosas e a maioria nem falou mais comigo, mas uma moça me chamou muito atenção ela me chamou no zap, morena magra e alta, cabelos longos e evangélica, ela me disse que era noiva e que tinha lido todos os meus contos e morria de tesão, que as vezes se tocava muito e gozava muito pensando em mim, e como eu era experiente com virgem ela queria que eu desvirginasse ela, pq ela disse para o noivo que não era mas como ele era obreiro não queria fazer sexo com ela agora, mas ela estava ficando louca pra dar e ele enrolando muito este casamento, começamos conversar e ela me disse que se fosse bom ela queria escrever um conto sobre nós, mas do ponto de vista dela então fui ao seu encontro e tudo que aconteceu a a partir de agora foi relatado por ela no email que me mandou esta semana, no final do conto volto a descrever algo a respeito.


OI gente nunca escrevi estas coisas mas se tiver algum erro me perdoem, sou morena alta, 1,74 de altura, 67 kg bem distribuídos, cabelos longos e sou evangélica desde pequena, conheci o Caio na igreja e foi primeiro namorado, e depois de um ano e meio noivamos, mas nunca tivemos relação sexual, meu noivo muito sério, eu ate mentir dizendo que não era virgem pra ver se ele me comia mas ele disse que só após o casamento, tenho 21 anos e não estava mais agüentando de vontade, através de uma vizinha conheci o site de contos eróticos e li muitas historias mas os contos do Anderson tinha muita emoção e sentimentos, depois fui no nome do autor e descobri outros contos dele ai fiquei louca de vontade de conhecer ele, mandei email e ele me respondeu na hora eu pensei nossa o que eu falo, trocamos zap e como moro em Ceilândia uma cidade de Brasilia, eu contei sobre minha história e hora que podia falar no zap, ele ele sempre muito discreto marquei logo de conhecer ele mas sem sexo só pra conversar e ver se sentia atração física, marquei atrás da rodoviária de Taguatinga aqui perto e quando ele chegou não acreditei o quarentão mais novo que vi, estilo garotão, bem simpático e sorridente, conversamos um pouco e eu um pouco receosa pedi pra sair dali, fomos em uma rua tranqüila com pouco movimentos e conversamos por uma hora mais ou menos ele me fez rir muito, adorei sua conversa mas sua voz me enlouquecia, ele olhou em meus olhos e me beijou na boca, quase fui no céu, ele sabe como pegar uma mulher, nossa minha calcinha estava toda molhada e ele começou a meter a mão em minha coxas e foi ate a calcinha e foi alisando minha xaninha por cima da calcinha, nossa eu nem sei explicar o fogo que me surgiu eu pedi pra ir pra casa e fui morrendo de vontade e ele não forçou a barra me beijou e disse que gostaria muito de me ver denovo, nem dormir naquela noite, ai de madrugada mandei mensagem e ele não respondeu ai tive que ligar e disse tudo o que estava sentindo, ele disse vamos amanhã vou te fazer toda realizada e não vai doer muito minha princesa, eu então disse eu vou, marcamos no centro de Brasília e ele me propôs de irmos para uma pousada em uma cidade de Goiás, liguei pra minha mãe e pedi se podia dormir fora na casa de uma amiga de faculdade porque teriam muito trabalho da faculdade e ela fazia dupla comigo e disse quer falar com ela no telefone? Eu arrisquei porque se ela pedisse pra falar tava ferrada, ela disse tranqüila filha eu acredito em você, és uma boa menina, eu olhei pra ele e disse vamos amor pra nossa lua de mel, viajamos uns 240km, e chegamos, era uma pousada linda e aconchegante, ele me apresentou como sua noiva e fomos para o quarto, chegando La tomamos banho e coloquei uma roupa leve, uma saia de pano fino e uma calcinha de renda branca, ele usava um short tipo jogador de futebol e percebi que o safado estava sem cueca, gente nem sei descrever a sensação, ele foi me beijando e senti como fosse sua namorada, me dava carinhos e carícias enquanto me beijava, me abraçou forte e falou um pequeno poema em meu ouvido, nossa ele sabe como deixar uma mulher louca por ele, ele foi me beijando meu pescoço nossa minha xaninha estava ensopada que estava vazando para fora da calcinha, ele foi beijando meu pescoço e retirando minha blusinha, e foi me beijando nas costas e barriga e passando a ponta da língua em meu umbigo e barriga depois voltou a mim beijar e chupou minha língua deliciosamente sentir nas nuvens, foi então que ele me deitou no sofá e tirou minha saia e arrancou minha calcinha com sua boca, e voi lambendo minhas coxas e umbigo pescoço e retirou meu sutien e foi mamando um peito e apertando o outro, dava leves mordidinhas, nossa eu não queria que acabasse nunca aquilo, ele foi descendo meu corpo lambendo e beijando, começou lamber minhas coxas e chegou em minha bucetinha e chupou como se estivesse me dando um beijo de língua, como nunca fiz isso não sei dizer se ele é bom mesmo nisso, so sei que sentia sua língua passeando dentro de minha xaninha, chupava meu grelinho como ele chupava minha língua pelo beijo, nossa e quando ele enfiou ate onde deu a língua dentro de minha buceta, nossa se eu não fosse virgem acho que entrava mais, ele enfiava e tirava, depois ele fazia movimentos circulares e depois subia e descia com a ponta da língua, e depois sugava com os lábios, mordia de leve com os lábios tipo pressionando os lábios de minha buceta, eu senti uma coisa gostosa parecendo uma cócega La no fundo, e senti minhas pernas tremerem e após isso senti um alívio acho que gozei em sua língua, e ele sugava meu melzinho, parecia que estava com fome de buceta, ele me pegava com tanta vontade que acho que qualquer mulher gostaria de ser pega assim, sinceramente eu imaginei pelos contos que era bom mas ele não descreve nem a metade das maravilhas que passei, depois de um tempo ele me bota de 4 e fica se esfregando em mim, e depois morde minhas costas e nuca fico toda arrepiada, e mete a língua em meu cuzinho e depois desce para a buceta e depois morde as polpas de minha bunda, ele entra debaixo de mim e mama meus peitos alternando e uma mama e outra e me beijava muito, nossa eu estava louca pra sentir ele dentro de mim, foi quando pensei nossa estou como uma geladeira nem to tocando nele, so ele que faz tudo, meti a mão dentro de seu calção e peguei uma pika dura inxada e maravilhosa, eu disse deixa eu mamar ele, ele me disse safada vem mamar em minha pika, hoje vc será minha putinha, nossa eu amei ser chingada assim, eu nunca chupei e acho que fiz muito mal, mas ele batia seu pau em meu rosto e dando tapinhas em minha cara e dizia mama sua crente putinha, não é isso que você queria? Eu já nem me reconhecia mais, ele disse vou te dar leitinho, eu parei e disse na boca não, ele disse sei que vai gostar de sentir o gosto de seu macho, ai ele foi esfregando a pika na minha língua ate que jorrou muita porra, nossa até que não foi ruim, só sei que estava louca era pra dar a buceta pra ele, então ele me chupou denovo, passou um gel geladinho em minha buceta e no pau dele, colocou na entradinha dando uma pressão, ele foi me beijando deixando seu pau parado na entrada, e devagar foi escorregando, tava doendo um pouco mas ai ele me deu um beijo e gemia enquanto beijava eu fiquei sem sentido quando de repente ele afunda tudo de uma vez dei um grito, mas ele abafou com seus beijos, e ele ficou quietinho pra eu não sentir dor, ele realmente é muito gentil e preocupava comigo o tempo todo, eu fui mandando ele ir mechendo ele devagar ate que estava muito gostoso, nem sei explicar, de repente ele começa socar forte estava dolorido mas acho que minha buceta estava com fome de pika, eu fiquei louca e comecei a chamar ele de cachorro a dar tapa na cara dele e mandava ele me comer direito, ele ficou louco de tesão e meteu forte que via estrelas, me colocou de lado e metia pika sem dó depois levantou minhas pernas e colocou nos seus ombros e meteu sem dó, eu pedia pra ele parar um pouco mas ele disse você não queria virar uma putinha vai ter que agüentar, do jeito que ele me falou fiquei com mais tesão ainda e pensei deixa ele arregaçar esta buceta, e resisti e fiquei de 4 ele puchava meus cabelo e metia sem parar, nossa ele parece que não cansa, eu gozei nem sei quantas vezes, só sei que estava maravilhoso, acho que toda mulher precisa de uma surra de pika daquele jeito, enquanto escrevo fico com a buceta toda molhada aqui, ele lubrificou meu cuzinho e meteu gostoso, nossa você Anderson me fez a mulher mais realizada naquele dia, o lugar que me levou estava tudo muito maravilhoso, pena que na outra semana meu noivo me pediu em casamento em 45 dias casamos, eu fiquei com o Anderson mais 4 vezes, uma dentro do carro, outra no mato, e duas em motel na área central de Brasília, depois que casei senti vontade de escrever pra você pedindo por favor que publique, e se uma mulher for sair com você detona ela bem gostoso, beijo na sua pika gostosa.
Então este foi o relato de uma segunda leitora e até eu fiquei com tesão ao lembrar deste dia, só acho que não sou tudo isso que ela descreveu, mas neste dia só sei que trepamos a tarde e a noite toda, beijamos muito, queria muito ela pra mim, pena que pra relacionamento sério ninguém me quer, se você quer ser bem tratada na cama me chama no email, mas manda de inicio seu zap com o DDD, eu respondo a todas, por favor só moça que realmente deseja ter momentos incríveis, aceito conhecer uma mulher pra relacionamento sério, você que deseja ser amada de verdade e valorizada e realizada na cama me envia um email com seu zap e DDD que te chamo [email protected]

6 comentários em “o coroa arrombando o cabaço da novinha crente”

  1. bom conto!

    Eu morava no maracanã-rj e tinha vizinha evangélica que era muito amiga da minha ex-mulher!
    Eu estava com meus 55 anos, ela acho, com 45 anos, mas um tanto relaxada, sempre com saias longas, blusas encobrindo tudo…
    O botijão de gás da casa dela acabou e o marido trabalhava em obra e só chegaria a noite. Ela tinha que fazer almoço para o filho e foi pedir para minha ex mulher se ela tinha um botijão de gás para lhe emprestar até que o marido dela chegasse que ele compraria outro e devolveria.
    Ela pediu e minha ex-mulher pediu que fosse lá trocar o botijão. Assim eu fiz. Estava de camiseta e shorte e sem cueca e fui dessa forma mesmo!
    Bom, não sei o porquê mas esta mulher tornou-se muito amiga da minha ex-esposa na época e visitava frequentemente a minha casa. Comigo não tinha muito papo, na verdade eu sequer olhava para ela, ou melhor, olhava mas nunca com olhar de predador, até aquele momento nada me havia passado pela cabeça, ainda. Obviamente que eu a cumprimentava, mas era algo extremamente rápido, tipo bom dia ou boa tarde, nada mais, nunca mantive um diálogo sequer.
    Tentando agora descreve-la, ela era morena, mais ou menos 1,63 de altura, tinha peitões, dava para notar, um pouco gordinha também…casada….a bunda, as pernas, não havia nenhuma pista, vez que a roupa que usava frequentemente, vestido longo, escondia qualquer detalhe. Já deu para notar que eu não tinha olhos para ela, praticamente eu a ignorava, apenas cumpria o ritual formal de educação, nada mais.

    Se houvesse real interesse da minha parte, garanto que teria dado atenção a todos os detalhes…por menor que fosse. Mas prossigamos…não sei bem em que momento isso mudou…mas lembro que naquele dia, ao me abaixar para trocar o botijão, meu pau ficou aparecendo no shorte, e meio sem jeito pedi desculpas a ela, nossos olhos se encontraram e se fixaram acho que por um bom tempo…foi então que ela disse:
    – Não se preocupe, já vi o do meu marido, apesar de não ser tão bonito quanto o seu! Dá até vontade de tocar!
    Agradeci e lhe disse:

    – Fique a vontade para tocar se desejar!
    Ela, segurou o olhar…e tocou nele, nesse exato momento uma descarga de tesão caiu em cima de mim. a mente é uma caixa de surpresa…passei a olhar melhor para ela…fazendo questão também de olhar para ela toda…Principalmente os peitos (porque adoro mamar, curto lactofilia desde meus 17 anos, e minha ex-mulher não curtia), que quase saltavam para fora do vestido… Elogiei os seios dela e comecei a mamar. Ela disse que o marido não gostava mas que ela adorava ter os seios sugados! Dei uma paradinha na mamada e levantei o vestido de crente dela, estava intencionado em chupar a buceta dela. Ela relutou um pouco, mas o tesão estava falando mais alto.
    E disse: Minuto que vou ver se o menino (filho dela) estava dormindo…
    Ela retornou em segundos… E disse que trancou a porta do quarto dele.
    Eu a peguei pelas mãos e fomos para a sala. Já alucinado de tesão, fiquei a poucos centímetros dela e abaixei meu shorte para que ela visse o meu cacete em quase todo o seu apogeu…e ela, não somente olhou, fixou o olhar e mordeu os lábios…toquei no cacete…e timidamente disse a ela bem baixinho…quer?
    A safada nem precisou falar nada….acenou positivamente com a cabeça…acho que com medo, levantou o vestido e abriu as pernas deixando a mostra as coxas e uma pequena parte da sua calcinha que escondia a sua xoxota… e coloquei a mão dela no meu cacete…ela acariciou-o em toda sua extensão e o apertou, soltando um suspiro extremamente profundo…deu para notar que ela estava muito, mas muito carente e louca para foder…Disse que o marido não gostava de ser chupado e que ela amava. E caiu de boca, chupou muitoooooooooo até que gosei na boca dela, que engoliu sem pensar.
    Fizemos uma parada e não podia demorar senão minha ex-mulher podia ir até lá.
    Foi quando falei do tesão que estava sentindo por ela…ela também disse que queria muito transar comigo, me desejava mas tinha medo porque era amiga da minha ex-mulher…eu disse que poderia haver uma oportunidade, eu estava entrando de férias…passaria mais tempo em casa…e a esposa, em determinados dias, passa a manhã ou a tarde na casa de clientes, as vezes o dia inteiro…perguntei a ela se não gostaria de um destes dias, como quem não quer nada e como uma visita habitual, ir para o meu apartamento onde a gente iria se comer naturalmente sem riscos e nos acertamos…um determinado dia, a minha ex-esposa avisou que ficaria o dia inteiro fora, visitaria clientes e iria na casa da sogra… e era a oportunidade que aguardávamos…não sei o que ela inventou em casa…provavelmente disse que estaria fazendo algum trabalho na igreja.
    Chegou o grande dia…pela manhã levei a minha ex esposa para a casa da minha sogra…ficando de pega-la à tarde, lá pelas 17 horas…na volta para o apartamento, minha mente estava um turbilhão de coisas, já não me segurava mais, estava de pau duro só de pensar no que aconteceria…estava ansioso e alucinado de tesão em ter ela toda nua para mim. Cheguei em casa, acabei de subir o primeiro andar e ela já estava lá me esperando, …porra o coração acelera…dá um frio na barriga…o pau lateja….o tesão aumenta cada vez mais. Eu achei que tudo estava bem arranjado…era comum e habitual ela vir para minha casa, assim se alguém a visse, não teria problemas…e era comum que ambas, ela e minha esposa se falassem na porta do apartamento, por telefone também, assim, abri a porta, a coloquei para dentro sem nenhuma palavra e fechei. Ela estava cheirosa, senti o seu perfume, ela havia se preparado, tomado um belo banho…deixando tudo cheiroso…ali mesmo eu a peguei…sem nenhuma palavra…acho até que seria desnecessário…a gente se pegou…eu estava apenas de bermuda sem camisa…a gente estava com nossas bocas se devorando…beijos…línguas…ela suspirando cada vez mais….estava com muito tesão…minhas mãos desceram pelas coxas e subiram por sob o vestido…chegando na xoxota…que delicia….uma bela xoxota…grande…gordinha….eu acariciando…minhas mãos entrando por dentro da calcinha…sentindo a buceta toda melada…ela, sem frescuras, se apoderou do meu cacete…segurando com uma das mãos…sentindo-o ainda dentro da bermuda…a fome dela era tanta que, se abaixou beijando meu tórax….descendo até meu pau…puxando a bermuda e deixando o cacete saltar para fora…completamente duro…ela olhando para minha rola….o segurou com a mão…fez menção de bater uma punheta…deu diversos beijinhos nele…de baixo para cima…nele todo…puxou a cabeça para fora…deu um beijo mais prolongado…passando a língua e caiu de boca…quase que engolindo ele inteiro…Caralho que chupeta deliciosa….é uma delicia ver….a cabeça dela indo e vindo…ver o cacete sumindo dentro da boca…como chupava…e adorava chupar….adorava um pau na boca…se eu não paro…ela ia ficar ali me chupando por muito tempo…mas eu queria mais….queria vê-la nua…olhar para aquela buceta….queria chupa-la…queria fode-la…eu a fiz parar…a levantei….beijei-a de novo…e ela segurando minha rola…disse para ela…vem….levei-a para o quarto…tirei a sua roupa…a deitei na cama…beijei os peitos…enormes….deliciosos…de olho no montinho logo abaixo…toda raspadinha…como adoro…e fui direto para ela…me posicionei entre suas coxas…e cai de boca naquela buceta…toda lambuzada….eu a abri com meus dedos….lambi….chupei….mordi….massageei o grelinho…ela gemia…gemia….chegou ao ponto de eu ficar temeroso que alguém pudesse ouvir os gemidos…de repente o corpo dela estremeceu….estava gozando….se contorcendo….a buceta latejando louca….e mais e mais se lambuzando…e eu chupando cada vez mais….sentindo os fluidos na minha boca…sai das suas coxas….coloquei meu cacete colado no seu rosto…ela o pegou com a boca…chupando alucinada…esfregando a cabeça nos lábios….esfregando o cacete no rosto…minha mão acariciando a buceta, toda lambuzada….ela não aguentou mais….e pediu….vem…me come…vai…me fode…enfia esta rola na minha buceta…tive que atender claro….segurei o cacete…esfreguei a cabeça na buceta…arrancando mais gemidos…e entrei…é uma delicia meter o cacete na buceta…a sensação é deliciosa…sentir a buceta se abrindo…para a passagem do cacete…que entra, deslizando até o fundo….e sentir a buceta em volta do cacete…apertando…mordendo…latejando gostoso…comecei a socar….num entra e sai louco…metendo com força…que delicia de buceta…quente….molhada….tarada….ficamos assim, agarrados…numa meteção louca…eu a beijando tentando fazer com que ela parasse de gemer…e minha rola socando…fodendo gostoso aquela buceta…..agora novamente ela gozando….me segurando com força…me prendendo com suas coxas….a buceta praticamente mastigando meu cacete…tamanha gozada….cacete…a buceta latejava tanto que ficava difícil meter….dava para sentir fechando o buraco…e a rola forçando a entrada….que loucura…..eu tirei a rola da buceta…deitei na cama…e lá vem ela por cima….sentar em mim….se abriu toda….e sentou, ficou assim com o pau todo socado lá dentro…rebolando…se contorcendo…se esfregando…e começou a cavalgar gostoso….se levantou quase toda na ponta dos pés….e, meu Deus…que socada deliciosa….dava para ver a rola sumindo dentro da buceta…e ela metendo cada vez mais….num sobe e desce maravilhoso…ela se virou….ficando de costas para mim….e eu olhando aquela bunda…subindo e descendo no cacete….não deu para resistir…segurei a bunda…ela gemeu…abri, acariciei o cuzinho….pensei que ela não queria…estava rebolando…assim…minha mão escapou…mas voltei…e agora enfiei um dedo….ela gemeu…se abriu mais…e agora estava com dois dedos todo socado naquele cu….aproveitando que estava tudo lambuzado…ela estava sendo fodida duplamente….o cacete na buceta…meus dedos no cu….que agora já estavam entrando mais fácil….ali mesmo…tirei o cacete da buceta….não a deixando levantar…ele saiu lambuzado….esfreguei a cabeça no cuzinho….ela rebolando…..segurei melhor e forcei a entrada….na verdade apenas apontei….o trabalho ficava para ela…que não se fez de rogada…forçou a bunda para trás….fazendo com que a cabeça entrasse…mas ainda desajeitado…aos poucos tirando e colocando…o pau entrou….bem devagar….ela rebolando…forçando….até estar dentro…e sentou assim….o pau sumiu dentro do cu….que sensação deliciosa…foi se mexendo aos poucos…mexendo a bunda…agora mexendo com força…mais a vontade…e finalmente, agora…sem qualquer cuidado…metendo com força…sentando toda na minha rola….cavalgando com o cu no meu cacete…que loucura…. e ela gostava… pois metia cada vez mais forte….gostava de ser enrabada…e gemia cada vez mais….as pernas dela cansaram…eu sai de baixo….e a coloquei na beirada da cama…de 4…delicia de visão….empurrei o cacete inteiro para dentro do cu….adoro meter assim….ver o cacete sumindo…ver o cuzinho de mulher ou de homem… em volta dele… adoro tirar e por…. adoro tirar e ver o cuzinho arrombado… aberto de tanto foder…. e estava ali fodendo aquele cu… com força…. socando cada vez mais fundo….ouvindo os gemidos dela….eu disse….vou gozar….ela disse….vai…goza…enche meu cu de porra…. me dá…. vai… quero sentir… e dei…. soquei mais algumas vezes naquele cu delicioso…. e gozei…. nossa, como gozei…. .muita porra… espirrando dentro do cu…. despejando… enchendo… e eu ainda metendo…. socando….. tirando e empurrando…. a porra vazou…. lambuzando tudo…é uma visão magnifica…. tirar a rola…ver o cu arregaçado… cheio… todo lambuzado de porra…. e eu, empurrando a porra para dentro com o cacete….

    Foi uma das melhores fodas que já tive com certeza….esta foi a nossa primeira vez…nos devoramos muitas outras vezes….torno a voltar neste conto em um próximo. Acabei me separando, e como o0 rio está muito violento, me mudei para Volta Redonda-RJ e estou a procura de evangélicas casadas, solteiras e viúvas para relacionamentos.

    Gostaria de conversar?
    Estou sem zap, celular no conserto!
    Clique aqui https://www.skype.com/pt-br/get-skype/ e baixe o skype – é grátis!
    Me adicione no skype: https://join.skype.com/invite/zZWhQnamvnxG ou escreva pelo E-mail: [email protected]
    https://uploads.disquscdn.com/images/765e6889405bbbcf71cd4f5e5d7ae4c6377ead2a31f1923c17992b075a463d2b.jpg
    Me conheça – Clique aqui http://amigosdopeitobr.blogspot.com/2019/11/como-tudo-comecou-procuro-mulher-para.html

    Busco uma relação seria com mulher que curte pegging e lactofilia!
    Leia aqui http://amigosdopeitobr.blogspot.com/2019/11/como-tudo-comecou-procuro-mulher-para.html e me conheça um pouco!
    https://uploads.disquscdn.com/images/4e7de9fab2b1cb9a5c2d79352b759d624cbf3a464b85908819ed57c3b16bd002.jpg

Deixe uma resposta