2 ALUNAS VIRGENS E 2 PROFESSORES

Meu nome é Laura, sou uma garota nova ainda,(não vou citar idade)com cabelos castanhos, semprei amarrei ele com marias chiquinhas, e amava vestir roupas djeans, sou bem magrinha com peitinhos pequenos e durinhos e um bumbum empinadinho. Eu já estava no ensino médio e no fim do ano estavamos para fazer uma viagem, mas para isso precisavamos arrumar dinheiro para aluguel, comida e etc. Bem, a turma havia decidido que venderiamos uns bilhetes que seriam vendidos em dupla, eu fiquei com minha melhor amiga a Alyne, garota branquinho de cabelos castanhos e lisos, o que atrai nela é sua boca carnuda bem rosinha que a favorece muito no quesito beleza.
– amiga, vamos vender onde? – indaguei
– não sei, acho que talvez poderiamos ir pra frente da escola e esperar a hora da saida. – disse ela
– tá, pode ser. – eu não tinha uma ideia melhor então logo concordei
Na hora da saída fomos logo tentado pegar os novatos e oferecendo os bilhetes, mas todo mundo da nossa turma também tiveram a mesma ideia, e isso nos quebrou, acabamos vendendo apenas 1 bilhete
– ai Laura só vendemos um – ela olhou pra mim desesperada, parecia que o mundo ia acabar, mas eu a entendia, faltava menos de 2 dias para a gente vender tudo
– já sei, vamos vender para os professores – eu tive essa brilhante ideia
– como eu não pensei nisso?
Estavamos indo para a sala do professores, mas nesse momento vimos o nosso professor de educação física se aproximando, eu tinha uma certa quedinha por ele, que homem gostoso, com aquele corpo malhado e uma voz grossa, eu queria fazer cafuné em seus cabelos loiros(eu sou inocente, não penso em uma safadeza ainda).
– oi prof, quer comprar nosso bilhete, se vencer pode ganhar um iphone, compra prof! – eu disse com uma jeitinho bem fofo
– eu não tenho dinheiro aqui comigo agora, apenas em casa. Se quiserem passem lá que eu compro todos! – ele disse e já foi indo embora, parecia ter pressa.
– Alyne vamos lá na casa dele, ele vai comprar tudo.
– acho melhor a gente ver se alguns outros professores também não querem – ela falou meio desconfiada
– é verdade, vamos!
Quando chegamos na sala dos professores todos já tinham comprados bilhetes, mas ainda tinhamos esperanças o professor Augusto iria comprar todos, olhamos uma para os olhos da outra já com cara de tristeza, pois não sabiamos onde era a casa do prof
– professora a senhora sabe onde fica a casa do professor Augusto? – perguntei para nossa professora de artes
– não sei, por que ?
– ele disse que ia comprar nossos bilhetes
– perguntem ao Flávio, ele deve saber
O professor Flavio era bem amigo do Augusto, era uma garoto ainda, e já era o professor de física, devia ter uns 26 anos ou menos, nem sei como alguém tão novo já pode dar aulas em uma escola! Fomos a sala de física e o encontramos lá com seu jaleco fazendo umas anotações.
– professor podemos entrar ? – falou Alyne
– claro fiquem a vontade
– o senhor sabe onde é a casa do professor flavio?
– com toda certeza, é ao lado da minha – me espantei quando ele disse
– então onde fica sua casa ? – perguntei – quer dizer a casa do prof augusto
– sabem onde é a praça antiga?
– sim
– lá tem um prédio cinza, o apartamento dele fica no 2° andar, numero 15
– obrigado prof lindo – depois de terminar sua fala Alyne deu um beijo no professor em forma de agracimento
– oh quer isso, não foi nada! – ele falou meio sem jeito, parecia com vergonha
A casa do professor era perto iria demorar uns 10 minutos de pé, ao sairmos da escola, fomos em direção a praça, e conversa vai e vem
– eu beijaria o flávio! afirmou Alyne do nada
– nossa, mas por que você falou isso tão de repente
– eu acho ele lindo, você acha que ele tem um pirocão? – fiquei vermelha no mesmo momento, eu nem entendia muito sobre isso, mas falar disso me fazia sentir um êxtase absurdo em baixo da minha barriga, bem onde eu fazia xixi.
– eu acho que tem! – falei com vergonha, mais com curiosidade
Quando percebi já haviamos chegado na praça, e logo tratamos de entrar no prédio pois já estava escurendo, e precisavamos voltar para casa imediatamente, e então ao subir as escadas vimos um casal se beijando gostoso, e a mão do garoto invadia o sutiã da garota que ele estava ficando, passei com muita timidez por eles e com a cabeça abaixada.
No segundo andar tinha muitas casas e até achar o 15 demorou alguns segundos, mas enfim achamos eu log apertei a campainha e o prof Augusto apareceu, ele estava com um roupão marrom.
– oi prof, trouxemos os bilhetes – eu falei e dei um sorriso para ele.
– ah sim, quero todos. Entrem vou pegar minha carteira.
A casa dele era realmente diferente, um grande tapete branco cobria o chão da sua sala, e seu sofá era bastante grande, me sentei perto de Laura e esperamos um pouco, o professor abriu uma gaveta e pegou sua carteira, ele se aproximou de nós, seus olhos já estavam diferentes, ele nos olhava como simples brinquedos.
– quanto dar todos os bilhetes – ele perguntou abrindo sua carteira
– acho que no total vai dar … – nesse momento ele derrubou o dinheiro no chão, e nós com toda inocencia do mundo, nos abaixamos para pegar, quando levantamos a cabeça para entregar o que havia caido vimos algo simplesmente aterrorisante, o penis dele estava pra fora, e era realmente um mastro, gigante mesmo, parecia uma pedra. Nosso olhos dilatavam em quanto um sentimento estranho tomava conta do nosso corpo.
– prof o que é isso? – perguntei a ele
– isso é meu brinquedo! – ele disse isso olhando nos fundos dos meus olhos, orgulho por seu esbelto pirocão
No mesmo tempo, ele pegou a mão de Laura e colocou na cabeça daquela rola, Laura começou a fazer movimentos de subir e descer, enquanto eu nem entendia o que acontecia, mas eu sentia vontade de pegar também. Então sem ele pedir, eu logo coloquei minha mão, era tão grosso que eu nem conseguia fechar meus dedos naquilo.
– coloca a boquinha Laura, sempre fui louco para fuder essa sua boca gostosa – ele falou com muito tesão
Laura começou a lamber o pau dele e eu fiquei ali mexendo nas bolas dele, era realmente um sentimento muito gostoso que me invadia, eu sentia medo, prazer, excitação e uma dose de adrenalina
– posso colocar minha boca também ?
– claro, pode sim meu amorzinho
Comecei a lamber aquele pirocão e sugar ele, era meu primeiro boquete e tava muito gostoso, minha bucetinha estava ficando molhada e eu apenas queria continuar, mas Alyne tirou minha cabeça e começou a chupar no meu lugar, então fui chupar as bolas, e comecei, o prof gemia muito gostoso, devia está adorando suas alunas novinhas boquetando seu pau.
– deixem eu me sentar – ele se sentou no sofá e ao mesmo tempo pegou o telefone e começou a discar eu nem me importei e acho que Alyne também não, pois aquele pau nos viciou, quando percebo o prof Flávio estava ali ao meu lado com seu pau de fora

Compartilhe com seus amigos:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

1 comentário em “2 ALUNAS VIRGENS E 2 PROFESSORES”

  1. O QUE VOU NARRAR AQUI ACONTECEU ANO PASSADO, BOM ESTAVA EU A CAMINHO DO SITIO ONDE COSTUMÁVAMOS PASSAR OS FINAIS DE SEMANA.NOSSO CASEIRO GENTE MUITO BOA E TINHA UMA FILHA QUE ERA MUITO LINDA.E TODA VEZ QUE ÍAMOS PRA LÁ FICÁVAMOS CONVERSANDO DEBAIXO DE UMA MANGUEIRA. ELA PARECIA GOSTAR DE MIM ERAMOS MAIS OU MENOS DA MESMA IDADE…ENTÃO OS NOSSOS PAIS NÃO VIA MALDADE NENHUMA EM FICAR JUNTOS PRATICAMENTE O TEMPO TODO. QDO CHEGAMOS ELA VEIO LOGO ME ABRAÇANDO E DIZENDO QUE IRIA ME MOSTRAR OS PATINHOS QUE ACABARAM DE NASCER; CHEGANDO LA ELA ME MOSTROU E PEGANDO EM MINHA MÃO APERTAVA E NÃO LARGAVA DELA. DEPOIS FOMOS EMBORA FUI ALMOÇAR E DEITAMOS UM POUCO. MAIS TARDE FUI PRA PISCINA COMO EU ESTAVA SOZINHO FIQUEI ALI DEITADO NA ESPREGUIÇADEIRA COM MEU PAU PRA FORA TIPO BATENDO UMA DE LEVE…ENTÃO OUVI UM BARULHO AO LADO ASSUSTEI ME OLHEI E VI UM VULTO, SUMINDO POR TRÁS DA CERCA DE ARBUSTOS QUE CERCA A PISCINA. NO DIA SEGUINTE IARA VEIO ME ENCONTRAR NA VARANDO DIZENDO QUE ESTAVA COM UMA DUVIDA EM MATEMÁTICA E SE EU PODIA AJUDA LA,DISSE QUE SIM MAS QUE MEUS PAIS TINHA SAÍDO COM SEUS PAIS PRA COMPRAR ALGUMAS COISAS PRO SITIO… ESTAMOS SÓ NOS DOIS,PODÍAMOS PEGAR UMA PISCINA E MAIS TARDE TE AJUDO TÁ BOM.FIZEMOS ISSO COLOQUEI MEU CALÇÃO DE BANHO E LOGO ELA APARECEU FEITO UMA SEREIA NUM MERGULHO QUE NÃO VI SEU CORPO,IARA SABIA NADAR MUITO BEM,SAIU DO OUTRO LADO SUBINDO NA ESCADA COM UM CORPO LINDO EU NUNCA TINHA REPARADO NELA COMO MULHER… COM O REFLEXO DO SOL PARECIA BRILHAR COM UMA PELE BRONZEADA COM UM BIQUININHO QUE PARECIA NÃO SER DELA.NESSE MOMENTO MEU PAU COMEÇOU A FICAR DURO NO MEU CALÇÃO TENTEI DESFAÇAR UM POUCO, MAS FOI IMPOSSÍVEL .IARA LOGO NOTOU E DISSE DEIXA DE SER BOBINHO VI VC ONTEM AQUI NA PISCINA ESQUECEU…HÁ ENTÃO ERA VC QUE VI CORRENDO,SIM FIQUEI ASSUSTADA COM RECEIO DE VC…DEITOU PERTINHO DE MIM E PEDIU QUE PASSASSE O PROTETOR EM SUAS COSTAS,QUE DELICIA FAZIA AQUILO PRA VER MINHA REAÇÃO. MINHAS MÃOS TREMIAM AO DESCER SEU CORPO PASSEI ENTÃO NA SUA BUNDINHA DURINHA REDONDINHA ME ATREVI A PASSAR A MÃO ENTRE SUAS PERNAS E ELA FOI ABRINDO MAIS. SENTI QUE ENCOSTEI EM SUA BUCETINHA,IARA VIROU LOGO DE FRENTE E PEDIU QUE CONTINUASSE,PASSEI ENTÃO NA SUA BARRIGUINHA E ENTRE SUAS COXAS TBM, ENCOSTANDO NOVAMENTE EM SUA BUCETINHA. JÁ VOLTEI BEIJANDO BEM DEVAGAR AQUELA BARRIGUINHA COM OS PELOS DOURADOS TODOS ARREPIADOS,MEU PAU JÁ SAIA DE DENTRO DO CALÇÃO DE TÃO ERETO QUE ESTAVA.ELA NOTOU LOGO E JÁ VEIO PASSANDO A MÃO E APERTANDO A CABEÇA DELE.BEIJEI ELA COM VONTADE E ELA RESPONDIA COM GEMIDINHOS E AFAGOS EM MEU CORPO.IARA SABIA MUITO BEM AS COISAS PARECIA EXPERIENTE… NÃO QUE EU NÃO FOSSE,COMECEI MINHA VIDA SEXUAL BEM NOVO…E MENINOS APRENDEM AS COISA PELOS VIDEOS DE FILMES PORNO. DESATEI O LAÇO DE SEU BIQUINI E COMECEI BEIJANDO E DEVAGAR CHUPANDO SEUS SEIOS DURINHOS BICOS ROSADOS EXITADOS, ABAIXEI MINHA CABEÇA EM DIREÇÃO A SUA BARRIGUINHA LAMBENDO SEU UMBIGO E CHEGANDO A SUA VIRILHA.IARA COMEÇOU A GEMER E SE CONTORCIA TODA EM MINHAS MÃOS. ELA JÁ NÃO AGUENTAVA MAIS O TESÃO POR MIM.ESPEREI MAIS UM POUCO E DEIXEI ELA FAZER O SERVICINHO TBM .AJOELHOU ENTRE MINHAS PERNAS E COMEÇOU A ME CHUPAR GOSTOS, ME LEVANDO AO DELÍRIO PEGOU NO MEU PAU E FOI CHUPANDO ATE CHEGAR EM MINHAS BOLAS CHUPOU CADA TESTÍCULO E EM SEGUIDA ENFIOU TUDO NA BOCA BRINCANDO COM A LINGUÁ. MEU PAU NESSE MOMENTO ESTAVA TODO BABADO E PULSANDO EM SUAS MÃOS.ELA SUBIA E DESCIA SUA MÃO POR TODO ELE BATENDO UMA PUNHETINHA MARAVILHOSA,QUANDO SENTIU QUE ELE PULSAVA MAIS FORTE E QUE MEU GOZO ESTAVA POR VIM…ENGOLIU MEU PAU DE UMA SÓ VEZ FAZENDO MEU LEITE JORRA, EM SUA BOCA. FOI MARAVILHOSO DEMOS UM MERGULHO PRA REFRESCAR E ALI MESMO DENTRO DA PISCINA INICIAMOS TUDO DE NOVO DESSA VEZ TIRAMOS TUDO FICAMOS COMPLETAMENTE PELADOS.SENTEI ELA NA BEIRADA DA PISCINA E CONTINUEI DENTRO D A ÁGUA. COMECEI PASSANDO A LINGUÁ EM SUA BUCETINHA COMPLETAMENTE LISA CHEIROSA LÁBIOS CARNUDOS,IARA ABRIA CADA VEZ MAIS SUAS PERNAS ATE QUE CONSEGUI ALCANÇAR SEU CUZINHO ROSADINHO PISCANDO DE TESÃO. CHUPEI ELE TODO,CARAMBA QUE MULHER ERA AQUELA ALI NA MINHA FRENTE.FAZENDO EU SUPER FELIZ NAQUELE MOMENTO.GOZOU NA MINHA BOCA VARIAS VEZES…NAQUELE MOMENTO MEUS PAIS ME LIGOU DIZENDO QUE IRIAM DEMORAR MAIS UM POUCO E QUE ALMOÇARIAM POR LA MESMO E QUE ERA PRA MIM ME VIRAR COM QUALQUER COISA. BLZ ESTAVA TUDO ACONTECENDO MARAVILHOSAMENTE BEM…IARA VIROU PARA MIM E PEDIU QUE FOSSEMOS LA PRA DENTRO,POIS ERA DOIDA PRA SER FODIDA EM MINHA CAMA.PEDIDO ACEITO. SUBIMOS AS ESCADAS JÁ SE PEGANDO E CHEGUEI NO QUARTO PREPARADO PRO ATAQUE…IARA JÁ CAIU DEITADA E EU POR CIMA DELA ARRANCANDO NOSSA ROUPAS DE BANHO.ELA JÁ ESTAVA NO PONTO CERTO. JÁ ENTREI FIRME DENTRO DELA E COMECEI A BOMBAR SEM PARAR,ELA SE ESFREGAVA EM MIM E ARRANHAVA MINHAS COSTA PEDINDO MAIS E MAIS. GOZOU BRAVAMENTE DE NOVO COMO ERA FÁCIL FAZE LA GOZAR. COLOQUEI ELA DE QUATRO E JÁ APROVEITANDO TODO NOSSO GOZO PASSEI MEU PAU NO SEU CUZINHO QUE ELA TRAVOU TODA. NÃO SEI PORQUE MAS TODA MULHER TRAVA NA HORA H… PEDI QUE RELAXA SE QUE NÃO IRIA DOR TANTO. LUBRIFIQUEI BEM SUA ENTRADA COLOQUEI MEU DEDO E FUI MASSAGEANDO AOS POUCOS,ELA FOI SE SOLTANDO MAS AINDA COM MEDO ATE QUE CONSEGUI ENTRAR A CABEÇA GEMEU FORTE MORDEU AS FRONHAS E AGARRANDO NOS LENÇÓIS GRITOU ABAFADO E ENTÃO ENTROU TODO ATE O TALO COMEÇOU A REBOLAR FEITO UMA VADIA ATE ATINGIR NOVAMENTE O ORGASMO E EU ACOMPANHEI ELA NAQUELE MOMENTO. CAÍMOS EXAUSTOS DE LADO.FIZEMOS UM LANCHINHO E VOLTAMOS PRA PISCINA. QDO O PESSOAL CHEGOU ESTÁVAMOS RINDO DE TUDO FEITO BOBOS, E ELES SEM ENTENDER NADA. MAS DEPOIS TIREI SUA DUVIDA NA MATEMÁTICA.

Deixe uma resposta