Chupando a buceta amanhecida sem lavar, natural com sebo!!!

Eu estava em um dia muito exaustivo. Semana de prova, passava o dia inteiro na biblioteca e sala de estudos. No penúltimo dia de prova estava estudando como sempre das 9h da manhã até 19h. Uma colega minha ficou neste dia estudando até tarde, também, junto com o grupo de estudos e nós dois ficamos por últimos na sala. Cansados e após um dia inteiro de estudos eu pude perceber que minha colega estava um pouco inquieta. Percebi após horas de estudos que ela estava de saia e sem querer eu pude ver a cor da calcinha dela. E daí por diante não parei mais de ficar vez ou outra olhando por debaixo da saia dela.

Ela percebeu que eu olhava a calcinha dela… Foi aí que eu tive a maior sorte!!!!!! Ela estava com muita vontade também. Ela pegou o dedo enfiou na buceta e, pois na boca discretamente… Seduzindo é claro. Naquele momento em diante pude sentir o cheiro da buceta dela. Nossa!!!! Eu senti um cheiro forte e próprio de buceta. Após amanhecer e fica o dia inteiro sem lavar com certeza as partes íntimas estariam com o cheiro característico de buceta. Pronto! Desconcentrei-me todo daí por diante. Levantei, peguei minhas coisas e sai da sala e chamei-a para vir comigo até minha casa que era bem próximo da faculdade.

Quando chegamos a minha casa levei-a até meu quarto, e lá, ela me pediu uma coisa, para que eu a chupasse muito. Eu disse só se você deixar ela do jeito que está.

Sem lavar!!

Ela disse: “sem problemas delícia, aproveita e limpa ela com tua boca”!
Meu pau cresceu de uma vez por todas naquele momento em diante.
Fui beijando as costas, pescoço, seios, barriga, cintura… Fui deslizando da barriga até a buceta dela, bem, mas bem lentamente. Quando cheguei à buceta pude ver que se encontrava toda melada, mais melada que o normal. E o cheiro? Nossa! O cheiro da buceta dela estava tão forte, tão natural, que eu aprendi ali mesmo no clima do momento a gostar do odor, cheiro ou feromônio como você leitor queira ou acha melhor definir, passei a gostar muito. Apaixonei-me pelo sabor, fui enfiando a língua ao redor de cada um dos lábios da vagina dela, deslizando, e sentindo o cheiro forte e natural, próprio de buceta. Tinha um pouco de sebo e um excesso de líquido resultado de um clímax de orgasmo, ou seja, ela gozou e eu estava ali no momento exato, vendo, saboreando e engolindo cada gota que estava saindo da buceta dela. Após mais de 23 minutos chupando-a na buceta revirei ela e caí de boca no rabo! Passei a língua bem em cima e dentro do cuzinho dela. Tentava abrir e enfiar a língua dentro do rabinho delicioso que ela tinha. Incrível, incrível, muito boa a sensação, muito gostoso é muito bom sentir o sabor natural e próprio de uma buceta. Passei a ter mais encontros assim com ela, e sempre da mesma forma, é claro, ela deixando mais natural ainda a buceta dela.

Dessa forma, fiquei por mais de dois meses chupando ela assim com estes detalhes. Infelizmente ela viajou e após anos se casou. Ela no sudeste e eu me mudei para Manaus e aqui, moro até os dias de hoje. Mas, o momento e o sabor estão até hoje, nos meus desejos. Amo isso, amo esse sabor e cheiro.
Eu sou Claudio Osmar e tenho 32 anos
Meu e-mail: [email protected]

1 comentário em “Chupando a buceta amanhecida sem lavar, natural com sebo!!!”

  1. Olá! Cara, não sei o seu nome, mas temos muito em comum – eu também adoro o cheiro e o sabor naturais de uma xota, antes do banho, sem lavar… com aquele cheiro do dia inteiro. Ahhh, fico excitado na hora quando enfia o nariz entre as coxas de uma mulher e sinto aquele cheiro de fêmea… aquilo, pra mim, é perfume! Desde muito jovem aprendi a gostar do cheiro natural de uma bucetinha e agora, já maduro, amo o cheiro que emana do entre-coxas de uma fêmea. Seu relato me deixou de pau duro. Caso queira trocar idéias, relatos, fantasias, me escreva. Aí vai meu e-mail: [email protected]
    Valeu!

Deixe uma resposta