Gosto de ser vista fodendo

Esse é meu primeiro conto. Me chamo Amanda e sou de Belém. Bom, hoje com 23 anos, mas desde quando me entendo por gente, sempre gostei de sexo, de provocar meus tios, de sentir como me comiam com os olhos, fazia de tudo, deixava a porta do banheiro semi aberta enquanto tomava banho, usava umas roupinhas folgas sem calcinha e sempre dava um jeito de mostrar que não havia nada por baixo. Infelizmente, nunca fiz incesto ? sempre me masturbei, desde novinha, tenho um tremendo tesão no meu pinguelo e, acreditem, ele é imenso, deve ser de tanto que eu gosto de tocá-los, desde cedo. Bom, minha história é verídica e aconteceu ano passado.

Com esse meu jogo de provocações e sempre pedindo ser fodida por onde passo, um belo dia meu vizinho entendeu o recado, sempre chamada ele pra assistir filmes comigo, me fazer companhia aos finais de semana que fico sozinha, toda vez que ele chegava eu tava de camisola e sem calcinha, sempre aleguei que era pra ficar mais a vontade e etc.. Uma vez, em uma das nossas milhares de brincadeiras, encostei no pau dele e percebi o quão duro estava. NOSSA!! Imediatamente imaginei ele me fodendo todinha até deixar a minha buceta completamente molhada e ardida.

Não perdi tempo e não disfarcei, correspondi, olhei no fundo dos olhos dele e disse -Nossa, Carlos. Tudo isso é teu? Fiquei até excitada agora. E dei uma risadinha. Ele -Quer? Eu -Me dá. Na mesma hora, parecia que nossos corpos ja esperavam por isso a vida toda.

Ele me fez chupar aquele pau duro igual uma pedra. Gente, quando o pau dele foi entrando devagar na minha buceta, eu sentia como ela babava de tanto tesão, minhas pernas tremiam de tanto desejo.Ele tava exatamente sentado no sofá e eu sentando gostoso, mas essa lentidão durou pouco tempo e então ele começou a me socar com muita força, metia tudo. E quanto mais ele metia, mais implorava pra ser fodida.

Por fim, eu havia dito uma vez que durante a madrugada, eu gostava de apagar a luz do meu quarto e ficar me exibindo meios seios na janela, como se alguém, de repente me visse. Ele lembrou disso, me sentou na janela dizendo -Agora quem quer que te assista, vai te ver levando pica. Fiquei louca. Ele me sentou na janela e começou a me socar, eu ficava quase toda pra fora da janela (moro no terceiro andar), depois voltamos pro sofá só pra ele deixar meios seios banhados de gala.

Deixe uma resposta