Troca de casais para apimentar a relação

Nunca pensei que uma Troca de casais fosse acontecer na minha vida, já que sempre um cara bem ciumento. Casei com uma gostosa 10 anos mais nova, ela tem 25 anos hoje e começamos a namorar quando ela tinha 19. Minha mulher é uma loira rabuda de parar o trânsito, nunca gostei nem dos meus amigos vindo aqui em casa porque sei o quanto os caras vivem secando ela.

Depois de muito tempos juntos acabei me acostumando e relaxando e trabalhando muito, deixando ela um pouco sozinha em casa. Nessa época a gente acabou mudando de condomínio, indo para um bairro um pouco melhor, e logo minha mulher fez amizade com uma vizinha chamada Manuela, uma morena bem gostosa, mas que tem uma cara de safada, que me fez ficar meio preocupado da minha mulher de papo com ela todo dia.

Toda vez que eu chegava em casa a tal da Manu tava lá com minha mulher, ouvia as duas de papinho rindo, até que um dia eu flagrei elas numa conversa bem safada e fiquei ouvindo um pouco antes de entrar. Minha mulher tava comentando sobre como estava com saudade de dar uma trepada daquelas de sair toda arrombada, e que eu chegava sempre cansado e não rolava com a frequência que ela queria.

Ela ainda disse que tinha vontade de me ver fodendo com outra e que se ele topasse, a Manu seria a escolhida. A minha mulher ainda comentou mais algumas coisas, mas resolvi entrar em casa, dei boa noite e fiquei pensativo com aquilo. Nunca imaginei que minha mulher fosse querer me ver com outra, e isso foi me deixando com tesão. Nessa mesma noite, peguei ela de jeito, ela já tava dormindo, comecei a beijar sua orelha, seu pescoço e agarrei seus peitos gostosos. Ela ficou logo arrepiadinha, soltou um gemido de sono e logo depois se virou e a gente começou a se beijar gostoso.

Subi em cima dela e passei a roçar meu pau duro na sua bucetinha. Ela automaticamente abriu as pernas e começou a me lamber e me beijar gostoso. Tirei sua camisola e sua calcinha, e meti minha pica de uma vez só na buceta dela. Comecei a socar gostoso, me movi com força em cima dela, dando umas bombadas gostosas que fizeram ela gemer e me arranhar todinho.

No dia seguinte comentei com ela sobre sua amiga gostosa, que achava elas bem gatas juntas e que gostaria de ver elas se pegando. Minha mulher ficou chocada, perguntou se era sério, eu disse que sim, aí ela disse que andava pensando a mesma coisa, mas em fazer um sexo nós três. Perguntei sobre o marido da Manu, mas minha mulher disse que eles eram um casal bem liberal, e que podiam ficar com outras pessoas, desde que não atrapalhasse o casamento deles.

No dia seguinte antes de sair para o trabalho, pedi pra minha mulher chamar a Manu pra jantar com a gente, e quando cheguei em casa a noite, as duas estavam bem gostosas, vestidas de um jeito sexy, mas nada exagerado. O cheiro do perfume delas invadia todo o ambiente e isso já me deixou com muito tesão. Cumprimentei as duas, fui tomar um banho e aproveitei pra tocar uma punhetinha, pra render mais caso rolasse uma transa.

A gente jantou, o tempo todo o clima tava rolando, depois minha mulher trouxe umas cervejas pra gente tomar e depois de muito papo de bebidas, as duas ficarem bem juntinhas e começaram a se beijar gostoso. Fiquei louco de tesão, minha pica ficou dura pra caralho, Fiquei vendo a cena, mas não por muito tempo, queria participar, cheguei por trás da minha mulher, beijei, toquei seu corpo, depois fui até sua amiga e meti a mão naquele rabo gostoso dela.

Logo as duas foram tirando minhas roupa e tirando as delas. Vi as safadas nus se pegando com vontade, fiquei no meio e foi uma delícia. Mandei as safadas ficarem de joelhos e começaram a chupar minha pica, que a essa altura tava latejando pra caralho. Elas se beijavam e me chupavam, as duas com cara de safadas. A gente ficou no quarto, minha mulher deitada e a Manu de quatro dando uma chupada na buceta gostosa dela. A safada metia a língua e fazia minha mulher gemer gostoso e se contorcer todinha.

Vendo essa cena deliciosa, aproveitei pra comer essa vadia de quatro. Vi sua xota toda melada e meu pau escorregou de vez. Comecei a socar gostoso com força, segurando na cintura e apertando a bunda dela. O nosso quarto foi tomado por gemidos gostosos delas, e começou a subir um calor intenso e um cheiro de sexo que só deixava meu tesão mais forte.

-Ai amiga, seu marido é bem gostoso hein? tá deixando minha bucetinha arrombada!

-Delícia, né amiga? mas gostoso mesmo é essa sua língua na minha buceta.

A gente continuou trepando, tirei meu pau da bucetinha dela e comecei a socar no cuzinho. A safada ficou louca de tesão, logo eu não resisti e aumentei o ritmo da foda, metendo pra deixar aquele cu todo arrombado.

-Que cu gostoso do caralho! bem apertadinho como eu gosto, vou te arrombar toda sua puta!

Elas gemiam, e a safada fez minha mulher gozar gostoso. Depois de gozar, minha mulher começou a brincar e lamber a buceta da amiga, enquanto eu ainda comia aquele cu. Como eu já tinha gozado na punheta, demorei muito pra gozar, e fiz A putinha chegar ao orgasmo primeiro.

Depois desse dia, comecei a comer A amiga dela sempre, até que minha mulher acabou me convencendo a fazer um swing com o marido da outra. Acabei ficando amigo do cara primeiro, depois passei a curtir a ideia. Fodi a esposa dele enquanto o cara assistia, e ele comeu a minha ao mesmo tempo, bem do meu lado.

Aquilo me deu muito tesão, enquanto a gente fodia as duas, elas se beijavam gostoso, metiam a mão na outra e a gente socando. Na hora de gozar, tirei o pau e enchi a boca da mulher dele com meu leitinho. Senti que o cara gostou, mandou eu gozar gostoso nela que a mulher dele era uma puta.

Enquanto ela limpava todo meu pau, minha mulher começou a chupar o cara e recebeu uma bela gozada na boca também, e foi uma experiência foda. Dia de domingo a gente faz macarronada e trocamos de mulher, isso acabou melhorando muito meu casamento, a ponto de minha mulher inovar cada vez mais na cama.

Leia mais contos de swing

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta