Dei pro meu vizinho negão casado

olá, meu nome é victor e eu vim contar pra vocês como fiz pra pegar meu vizinho hetero.

Meu vizinho se chama Sidney, ele é um negão de 1,80 de altura, hetero, casado e com duas filhas rs mas sabe como é viado, não pode ver um macho alpha que já fica com o cuzinho piscando kk

O problema é que ele nunca me deu a menor bola, já passei diversas vezes de shortinho na porta da casa dele quando ele estava limpando o carro, pra ver se ele me dava alguma bola, mas era tudo em vão.

Um belo dia, comentando com um amigo meu da faculdade, ele me disse que tinha pego dois homens que viviam no bar perto da casa dele, só colocando um produtinho na bebida (http://bit.ly/produto-secreto). Eu já fiquei LOUCOOO querendo esse produto, precisava de toda forma pegar aquele hetero!

Comprei o produto no site e em pouco mais de 4 dias ele chegou, numa embalagem super discreta, que era o que tava me preocupando já que minha mãe que recebeu a entrega, mas ela não descobriu o que era.

Okey, com produtos em mãos, eu precisava descobrir como iria colocar meu plano em prática. O que foi mais fácil do que eu imaginava rs

Em um sábado a tarde, Sidney estava lavando o carro na calçada, ele estava sozinho e eu já fiquei louco para dar o bote.

Peguei uma garrafa de água, coloquei algumas gotas do produto, vesti um shortinho beira cu kk e fui até ele.

_ Moçoooo, nesse sol você vai desidratar, bebe aqui uma água.

Ele ficou surpreso com a minha gentileza e aceitou a água, bebendo vários goles.

Puxei um papo aleatório com ele sobre o dia-a-dia, enquanto esperava o produto fazer efeito. O que foi em menos de 10 minutos.

Percebi que enquanto ele lavava o carro ele ficava apalpando o pau, como que tentando arrumar ele na cueca. E eu atento a cada movimento kk

Enquanto ele ia lavando o carro, ele entrou na casa dele umas duas vezes, em uma delas eu escutei ele ligando pra esposa, perguntando se ela iria demorar a chegar. Ela parece ter respondido que iria demorar e ele ficou ainda mais inquieto.

_ ta tudo bem? – eu perguntei na maior cara lavada.
_ pô, ta sim. Só to um probleminha. – ele disse olhando pro pau.
_ Um problemão pelo que eu posso ver kkkkk – eu fui pra cima.

Ele riu sem graça e deu uma apertada.
Eu lambi os labios e ele entendeu o recado.

_ Entra aqui rapidim. – ele disse me puxando pelo braço pra dentro da casa dele. – Seguinte, não sou viado mas to num tesão da porra. Ta afim de mamar? ajoelha ai.

Ele nem esperou eu responder, me empurrou pra baixo, soltou aquela tora que ele guardava na bermuda. Tinha uns 21cm e era muito grossa, minha mão não conseguia fechar ela.

Não me fiz de contido, caí de boca na rola dele, ele me puxava pelos cabelos, socava até na minha garganta. Me deu vários tapas na cara.

_ Chupa gostoso esse caralhão, putinha. Engole ele todo sem engasgar.

Ele empurrava tudo na minha boca, e quando eu engasgava ele me dava um tapa na cara e ria igual criança.

_ Seguinte, viadinho. Acho que vou querer comer seu cu também. Você fica passando aqui com esse shortinho atolado. Vou te dar o que você ta querendo.

Nisso a gente ainda estava no quintal da casa dele kk
Ele me puxou pelo braço, me levando pra sala da casa. Me colocou de 4 no sofá e se posicionou atrás de mim.

A diferença de tamanho entre nós dois era imensa. Ele tinha por volta de 1,85 de altura enquanto eu não chegava nos 1,70.

Ter um negão daquele porte atrás de mim, preparado para arrombar meu buraquinho era uma das melhores sensações da vida.

Ele começou a forçar o cabeçao na portinha do meu cu, o que eu dei uma retraída e tomei logo um tapão.

_ Empina esse cu, queria tanto me dar e agora vai fugir? deixo não.

Ele voltou a forçar e enfiou até metade do pau em uma socada. Eu tentei fugir de novo porquê tava doendo, mas ele me segurou pela cintura e não me deixou sair.

Ele começou a socar no meu cu depois de uns 5 minutos me deixando acostumar.

_ aguenta que agora vai sentir a pressão do negão.

E a partir daí foi só esculacho. Ele socava tudo em mim, me batia na bunda, na cara, puxava meu cabelo. Me chamava dos nomes mais baixos possíveis: viadinho, piranha, puta do bairro, boiola arrombado, putinha. Falava que eu tinha nascido pra dar o cu pra macho como ele..

Me comeu de quarto, frango assado, me fez quicar no pau dele, me jogou no tapete e me comeu de ladinho.

Depois de me usar todinho, ele gozou tudo em cima do meu bumbum.

_ Gozei fora pra você não engravidar kkkkk

Eu ri também, embora meu cu estivesse em brasa.

Ele mandou eu me vestir e ir embora, que quem sabe não repetíamos a dose.

Eu fui pra casa, satisfeito e pensando que tudo aquilo tinha sido um sonho..

No próximo conto eu falo de quando os primos dele vieram passar uns dias na casa dele hahaha

O link do produto que usei é: www.tesaodevaca.com
Único site oficial e confiável para a compra.

Deixe uma resposta