Se descobrindo com o Meu melhor amigo da escola

Oi tudo bom eu me chamo Douglas tenho 27 anos, o que eu irei relatar aqui aconteceu na minha adolescência aos meus 15 anos de idade com o meu melhor amigo de classe *alley* nessa época eu ia direto na casa dele para jogar videogame e também ver ele jogando mu no Pc por que era daora ver as skins,Dos personagens do jogo que ele tinha, eu me lembro de que no dia seguinte a tarde gente estava sentado na calçada da minha vizinha falando besteira e dando algumas risadas para passar o tempo porque a gente tinha saído mais cedo da escola e nisso ele me olhou e me perguntou se eu já tinha transado com alguém ou se eu já tivesse visto um cuzinho de perto, eu fui sincero e falei que não tinha tido a chance ele também deu uma risada meio sem jeito respondeu para mim a mesma coisa que ele também não tinha visto daí eu propus uma pergunta vamos em casa agora! a minha mãe não está em casa, só vai estar eu e você eu tiro a minha calça e você também a sua mais cada um vai ficar no seu canto do quarto para ter uma visão do cuzinho do outro assim matamos a nossa curiosidade ele concordou comigo e também não tinha dito mais nada chegando no meu quarto eu sento na minha cama e abaixo a minha calça e a cueca branca que eu estava usando e estava muito nervoso porque eu nunca tinha ficado pelado na frente de outra pessoa nisso ele também tira as suas roupas e joga no chão foi quando eu percebi o tamanho do pênis dele devia ter uns 14/15cm de comprimento com a cabecinha do pau dele rosinha e cheia de veias naquele momento eu fiquei com vontade de tocar no pau dele sentir tudinho na mão mais eu não falei nada só estava esperando para ver o que ia


Acontecer ele sentou do outro lado na cama do meu irmão,e dá cama que eu eu estava eu ouvir ele disser para eu ficar com as pernas para cima como um frango assado e abrir o cuzinho para ele vê que ele ia fazer a mesma coisa que eu, só fiz o que ele me disse nisso eu pude ver o cuzinho rosa dele e ele segurando o seu pau com a sua mão direita e a outra mão esquerda abrindo o seu cuzinho rosa e também jogando as suas pernas para o alto nisso ficamos uns minutos olhando direto para o cuzinho um do outro e ele mais solto pergunta se pode bater uma punheta com uma das suas mãos enquanto ele me Olha eu deixo rolar naturalmente e fico olhando direto pra seu pau maravilhoso enquanto ele tocava uma e ficava pensando como seria sentir ele na minha mão e qual o gosto que ele teria? se eu o chupasse, nisso ele se levanta e fala que estava com sede e pede Para beber água nisso ele levanta e veste a sua roupa e vai beber água depois disso eu estava ainda de pau duro e perguntei pra ele qual seria a sensação de estar fazendo sexo com outra pessoa ele foi até o meu quarto abaixou a sua calça e ficou de quatro posicionando a sua bunda empinada para cima e falou para eu enfiar o meu pau no cuzinho dele que eu ia saber a resposta e depois eu ia disser para ele a sensação eu retirei o meu pau duro e posicionando eu sentia o seu cuzinho piscando eu aos poucos eu fui penetrando devagarinho até entrar tudo dentro dele e fiquei com o pau engatado nele e esperei um pouco enquanto ele segura o colchão da cama e eu dei duas estocadas e sentia o meu corpo um pouco quente enquanto ele mexia um vai e vem bem devagar, nisso eu parei porque eu sentia a vontade de ser comido por ele e sai e disse para o alley que estava gostando muito e se ele não ia querer fazer o mesmo comigo foi nesse momento que a gente escutou o portão de casa abrir era a minha mãe ele se arruma e diz para mim que na próxima vez seria ele,nisso eu ligo a tv da sala para disfarçar o que tinha acontecido eu tava com muito tesão nisso a minha mãe chega e comprimenta eu e o meu amigo e ele se despede e vai embora logo em seguida.


Obs: eu sei que o texto ficou muito grande e também eu ocultei o nome do meu amigo para proteger a sua indentidade todo o fatos aqui mencionado são reais se quiser que eu continue me dê um toque no meu
e-mail : [email protected]
Obrigado a todos que tiveram a paciência de ler o meu texto abraços do fundo do meu coração.

2 comentários em “Se descobrindo com o Meu melhor amigo da escola”

Deixe uma resposta