Uma aventura no Posto de Caminhoneiro

Olá, me chamo Max, moro em Teresina-PI, atualmente sou divorciado, tenho uma ótima educação, pós graduado, discreto, sigiloso. Sou branco, 1,67m, 78kg, uso barba, cabelos curtos, pernas grossas, bunda carnuda, não tenho muitas experiências com homens, sou bi e gosto muito de mulheres. Certo dia estava bebendo com uns amigos em um churrasco, passamos o dia por lá na piscina.

As 22:00, resolvi ir embora, havia bebido muito e estava com muita vontade de uma boa safadeza, então resolvi ir à um posto de caminhoneiros na saída da cidade, pelo horário o movimento estava calmo, o bar já havia fechado, quase todos dormindo, parei o carro, quase na porta do banheiro, peguei no bagageiro toalha, sabonete e uma calcinha fiodental, que eu havia comprado para dar de presente para uma paquera. Ao entrar no banheiro, não havia ninguém, o banheiro era enorme, havia três boxes para banho, só que todos sem portas, só tinha portas na parte de vaso sanitário.

Tirei a roupa e vesti a calcinha fiodental, que deixava minha bunda muito realçada, tava muito excitado, que liguei o chuveiro e comecei a banhar sem ter medo de alguém me ver naquele traje, virei de costas para a porta, afim de que alguém chegasse o olhasse minha bunda. Alguns minutos se passaram, quando entra um caminhoneiro que veio banhar, ele passa pelo box que eu banhava e me olha de calcinha, mas mantem a discrição, vai lá fora da uma olhada no movimento e volta e fica num box na minha frente olhada e se masturbando. Percebendo que ele olhava passei a provocar, subindo mais ainda a calcinha e até deixando o sabonete cair no chão para ficar de 4 para ele. Ele tava louco de tesão e eu super afim de chupar aquele pau, então chamei ele para o box e baixei seu calção e dei banho naquele caminhoneiro safado, que pelo tesão estava com vários dias sem transar. Passei a chupar aquele pau com vontade, passei a língua em toda sua extensão até suas bolas, ele delirava de prazer, mas como ali era perigoso, resolvemos terminar o banho e ir para seu caminhão. Fui de calcinha, por baixo da roupa. Na boleia ele estava muito tarado, chupei ele novamente, e ele me colocou de 4 e chupou meu cuzinho, colocou a camisinha e comeu minha bundinha, até pedi para gozar na minha boca. Voltamos ao banheiro para banhar, quando ele me pediu para realizar um desejo seu, mijar em cima da minha bunda, achei estranho, mas como adoro obedecer e realizar fantasias, deixei, foi uma sensação prazerosa e excitante, terminei o banho e fui para casa realizado.Não peguei seu contato, mas adoraria sair com caminhoneiros, carreteiros, pedreiros, vigilantes. Se quiserem entrar em contato, mande e-mail: [email protected]

1 comentário em “Uma aventura no Posto de Caminhoneiro”

Deixe uma resposta