Comi minhas duas primas safadas

Bom, este é meu primeiro conto, decidi que quero compartilhar com vocês uma experiência bastante excitante quando eu tinha dezenove anos…
Olá, Tenho atualmente tenho vinte e sete anos, tenho 1,81 de altura, sou malhado, tenho cabelos e olhos castanhos, e tenho uma barba rala… Enfim,vamos direto ao conto! Como eu já havia dito, eu tinha dezenove anos quando esta experiência aconteceu….

Parte da minha família morava na capital, e a outra no interior do estado.
No final de ano, imagino que a maioria das famílias se reúnem, não é diferente com A minha….

Fomos visitar meus tios, avós, primos e primas lá no interior, passar uns dias lá…
Bom, chegando lá cumprimentei meus tios, perguntei onde estava meu primo, fui lá falar com ele, colocar o papo em dia já que havia muito tempo que não o via….

Então ficamos conversando por um tempo, até que apareceu uma das minhas primas, bem gostosa, uma branquinha, 1,60 por aí, magrinha, seios médios, bundinha grande, cabelos e olhos castanhos…
Pô, fazia tempo que também não via ela, ela estava diferente e muito gostosa, afinal ela já estava com dezoito anos já…, cumprimentei ela com um abraço e um beijo na bochecha….

Eu estava completamente apaixonado e com muito tesão por ela….
Meu primo disse que ía dá uma saidinha e já voltava, aproveitei este tempo que nós estávamos a sós e comecei a conversar com ela….

Ela começou dizendo que gostou do meu beijo molhadinho em sua bochecha, e me disse também que eu estava mais gato doque a última vez…
Eu agradeci e disse que ela tbm estava gata, e já dei na lata dizendo que se ela quiser, eu poderia dar um beijo na boca dela, pra ver se ela acha mais gostoso doq na bochecha…

Ela como sempre direta, disse com um jeitinho de safadinha:
– Vamos ver se é tão bom assim…

Sentou no meu colo e começou a me beijar gostoso de língua, cara eu tava com muito tesão na hora!

Eu não duvido que ela não tenha percebido o volume do meu pau aumentando, acho que ela tinha se feito de louca, como estávamos a sós no quarto do meu primo ninguém nos viu, já que a porta estava trancada, nós ficamos beijando por um tempo….

Até a minha outra prima veio chamar ela, eu abri a porta e disse pra ela que estávamos colocando o papo em dia, ela sorriu meio que sem acreditar neste papo, então me levantei e dei um abraço e um beijo nela também e disse até mais tarde pras duas…

Poxa! Essa outra prima minha tava muito gostosa tbm, eu fiquei sem ar perto dela… rsrs, ela é a irmã mais velha da da prima que estava comigo, como ela estava gostosa!

Ela tinha minha idade, acredito que uns vinte e três, vinte e quatro anos na época…. seios de médio pra grandes, magrinha gostosa e uma bundinha grande e gostosa, cara!

Eu queria muito conversar com ela, os olhos dela era um cor mel claro muito lindo, e seus lábios finos e gostosos, seu corpo era perfeito, eu me apaixonava nas curvas de seu corpo… E pra piorar ainda tinha covinhas no lado da boca, oque torna ela ainda mais gata…!

Havia chegado a noite, estava cheia a casa, e só havia quatro quartos, decidiram então que no primeiro quarto, dormiria meus avós, no segundo meus pais e meus irmãos, no terceiro meus tios e minha madrinha e meu tio, no último quarto ficaria eu, um primo, a minhas duas primas!

Neste quarto eram apenas dois colchões no chão, eu fui dormir na ponta, porque eu era um dos que se mexiam pouco, e sabe quem estava logo atrás de mim?

SIM, MINHA Prima novinha!!!

Eu estava todo enrolado, meu pau estava muito duro de só sentir ela, mesmo que ela estivesse atrás de mim. Eu não estava conseguindo dormir direito, então eu dei uma olhadinha se todos estavam dormindo, estavam.
Menos a danada de Minha priminha, então ela sussurrou no meu ouvido…
– Eu sabia que você ficaria acordado… Você é safadinho, eu sei que você pegou a Minha irmã!

Então me virei pra ela, e com muito tesão, olhar fixo no dela, nossos rostos pertos um do outro… Cheio de atitude eu fui no seu ouvidinho, e sussurrei:
– Se eu tivesse lhe visto antes também teria te pegado…
Ela sorriu, e me provocou botando seu dedo na minha boca, e sussurrou dizendo:
– Shiu! Não fale nada…
E ela me deu um selinho, nesta hora eu fiquei apaixonado…
Então eu sussurrei:

– Amanhã, a gente diz a eles que já conhecemos a mesma rota de sempre, então quando todos saírem pra passear, ficará só nós a sós…
Ela concordou, e me deu um beijo na bochecha e me dando uma boa noite…Então fomos dormir.

Se gostarem eu posto a segunda parte… Aguardo os comentários!!!!

Deixe uma resposta