A primeira de muitas que comi minha prima

Olá, me chamo Gabriel (nome fictício) tenho 21 anos, sou moreno, cabelo liso, e um corpo normal.Bem chega de enrolação e vamos lá, isso aconteceu comigo alguns meses atrás, eu moro em uma cidade com minha mãe e meu irmão e meu pai em outra devido ao trabalho.
Vou contar para vocês como um dia eu transei com minha prima Letícia (nome verdadeiro).
Como meus pais moram em cidades diferente eu queria visitar meu pai, porém a os pais de Letícia tem uma casa nessa cidade onde meu pai mora pôs eles moravam lá também, então o pai de Letícia e ela decidiram ir pra lá para ver como a casa estava e eles iriam de carro e eu ia junto com eles, só que eu e Letícia íamos passar uns dias a mais do que o pai dela, porque estávamos de férias e ele tinha que trabalhar segunda, então nós voltaríamos de ônibus.
Quando chegamos na cidade onde meu pai está, mau tio deixou eu e Letícia na casa do meu pai e saiu para ver a casa dele, meu pai já tinha me ligado falado que só ia conseguir ir para casa só final do dia, então estava eu e Letícia sozinhos, e eu sempre tive vontade de transar com ela, Letícia tem 18 anos, ela tem cabelo castanho claro quase loiro, olho verde, uma bunda gigante, seios bem durinhos, e adora me provocar, teve outro dia que eu estava na casa dela e estávamos sozinhos, e ela saiu do quarto dela vestindo uma camiseta baita larga sem sutiã e calça legging, veio e sentou no meu colo, só pra me provocar, e eu e ela já temos muita intimidade, então eu comecei a passar a mão na bunda dela e ela fingindo que estava assistindo televisão, nisso ela começou a dar umas reboladas no meu pau que tava uma pedra já, e eu peguei e cai de boca no peito dela e mordi ela, logo em seguida os pais dela chegaram e ela saiu e voltou pro quarto.
Mas continuando eu e ela estávamos sozinhos ela queria dar a volta na cidade e fomos, depois de umas duas horas voltamos para casa do meu pai e ela falou que ia tomar banho, e nessa casa onde meu pai estava não é grande, apenas 3 cômodos, então eu estava deitado na única cama que tinha lá, depois de uns 20 min, a Letícia sai do banheiro enrolada na toalha, quando eu olhei e vi ela meu pau já ficou duro, e ela viu e deu um sorriso de canto de boa, nisso eu já me levantei da cama e falei que ia sair do quarto pra ela se trocar, mas daí ela falou para mim “deixa de ser bobo” e tirou a toalha na minha frente e começou a se trocar, não me aguente e fui para cima, agarrei ela e comecei a beijar seu pescoço e ela olhou pra mim e disse “até quem fim, eu achei que teria que passar mais uma noite só imaginado vc” quando ela falou isso eu fiquei loco, peguei ela e coloquei ela na cama e comecei a beijar o corpo dela todo, deis dos pés até chegar no pescoço, nisso ela olhou pra mim sorriu e disso “eu sei que você quer me comer seu safado, e eu tô loca pra sentir você dentro de mim, porém vai ser do meu jeito ouviu seu puto” quando ela falou isso eu quase gozei.
Eu adoro ser dominado, eu sou bissexual então gosto também de ser dominado. Mas continuando, ela pegou e mandou eu lamber ela toda, começando pelos pés dela, que por sinal são lindos, ela falou que era pra eu gozar primeiro em cima deles, nisso eu já tirei toda a minha roupa e comecei a beijar aquele pé lindo, como eu já estava baita excitado, eu não aguentei muito e já estava quase gozando, nisso eu já comecei a bombar em cima do pé dela e gozei, ela começou a esfregar os pés e mandou eu lamber todo meu leite, eu prontamente obedeci, aquilo me deixava louco meu pau nem chegou a ficar mole, nisso ela mandou eu chupar ela, ela pegou abriu aquela buceta e eu caí de boca, que buceta linda, cheirosa bem rosinha, eu comecei a chupar com uma vontade que ela deu um gemido tão alto que ela pegou e tampou sua própria boca, e eu continuei até que não demorou muito e ela gozou e começou a puxar meu cabelo e gritando para eu não parar, que era pra eu chupar tudo o mel dela, eu continuar a chupar e que gosto bom que ela tinha, quando ela não aguentava mais ela mandou eu parar e falou que queria sentir eu dentro dela, nisso eu já virei ela de bruços coloquei camisinha e já comecei a passar a cabeça do meu pau bem na buceta dela, ela mordia o lençol da cama, e eu fiquei nessa provocação por uns minutos, até que ela gritou
“ENFIA LOGO ESSA POHA EU NAO TO MAIS AGUENTANDO SEU PUTO, SE VOCE NAO ENFIAR LOGO VOU EU MESMA COMER SEU CU SEU VIADINHO”

Quando ela terminou de falar isso eu peguei e enfiei meu pau de uma vez com tudo, como eu sabia que ela não era mais Virgem eu nem tive dó, enfiei até o talo, meu pau não é muito grande tem 15cm mas ele é grosso então quando eu enfiei com tudo nela ela deu um gemido e gozou que nem uma puta, nisso ela gritou pra eu não ter do e ir com tudo e fazer ela de uma cadela e uma puta, então eu obedeci, continuei metendo sem dó e comecei a dar tapas com força na bunda dela e xingar ela, eu peguei e segurei o cabelo dela e puxava, ela só sabia gemer e mandar não parar, chegou um momento em que ela mandou eu colocar no cu dela e falou “porque puta tem que tomar no cu né Biel você gosta de ser putinha também” eu só sorri e peguei e dei umas lambidas no cu dela que piscava de tesão, ela mandou eu tirar a camisinha e enfiar sem do, eu como um bom primo obedeci, quando eu enfiei de uma vez meu pau nem chegou a entrar tudo, e ela gritou e gozou, eu comecei a socar nela e ela simplesmente desabou e ficou deitada lá gemendo e eu socando nela, depois de uns minutos eu não aguentei e gozei dentro do cu dela, nisso ela pegou olhou pra mim e falou “eu mandei você gozar em seu puto viado” e me deu um tapa na cara e continuou “agora vc vai limpar” nisso ela mandou eu deitar na cama, sentou em cima de mim e fez eu chupar todo meu leite que estava dentro dela, depois disso ela levantou foi tomou um banho de novo, antes dela sair do banho eu já tinha arrumado todo o quarto e tinha limpo tudo, e foi bem a tempo, pôs o meu tio tinha chego.
Depois desse dia ela começou a me provocar mais ainda, teve um dia ainda na viagem, que ela mandou mensagem para mim, falando “Adoraria ver você sendo comido pelo meu namorado enquanto você me come meu viadinho” aquilo me encheu de tesão.
Mas isso fica pra outro dia, espero que tenham gostado se tiver bastante comentário positivo conto o dia que voltamos pra casa de ônibus, nesse dia transamos dentro do ônibus cheio de gente em uma viagem de 12 horas, e teve o dia em que eu não aguente e cai de boca no namorado dela e ela nos pegou e mandou não parar.

Adoro comer uma buceta mas adoro mais ainda ser comido por um pau.

Deixe uma resposta