Comi minha Tia e ela me pediu mais

Olá, usarei o nome de Ricardo para conta-los esse conto O dia que comi a minha Tia

Eu tinha 18 anos
E meus pais haviam viajado, então fiquei na casa da minha Tia
Ela tinha em torno de uns 46 anos, magra, bunda firme e peitos razoáveis, não era uma gostosa mas era linda e como qualquer garoto de 18 anos sempre tive tesão em comer ela
Logo no primeiro dia quando meu Tio tinha saído pra trabalhar, eu e aninha tia resolvemos ir assistir televisão, como estava muito calor eu estava apenas de shorts e ela com uma roupa bem curta.
O Filme que estávamos vendo chegou em uma cena quente, eu estava sem cueca e dava para ver um volume em minhas costas, percebi que minha tia viu e mordeu os lábios, enquanto rolava a cena de sexo na televisão ela levou a mão até sua buceta e começou a se masturbar discretamente, mas aquilo de passou e fomos fazer um bolo, ideia dela, na cozinha deixei a colher cair de propósito e pedir pra ela pegá-la enquanto ela se abaixava eu admirava a bela bunda dela, como sempre brincávamos fiz cócegas nela e dei um tapinha naquela bunda ela riu e devolveu o tapa, rimos juntos.
Como já disse estava muito calor e ela tirou a blusa ficando só de sutiã, pediu para eu fazer uma massagem em seus ombro e enquanto eu fazia ela contraiu sua bunda e esfregou em meu pau dando uma pequena rebolada discreta, mostrando que estava querendo, eu me vi louco e falei que ia ao banheiro, comecei a me masturbar me imaginado comendo aquela mulher, ela me chama e fala que precisa de ajuda, eu paro minha punheta ali e vou ver o que ela quer, chegando lá ela tinha derrubado o chocolate e tinha caído tudo nela
Pediu uma toalha para que pudesse se limpar, nossos tirou o shortinho que estava usando ficando só de calcinha em sutiã em minha frente, perguntou rindo quantas bundas daquela eu já tinha visto pessoalmente, eu disse que tão bela quanto aquela nunca.
Ela falou que depois limpamos a bagunça, e me convidou para assistirmos tv novamente, lá ela me ofereceu uma massagem, fez muito bem, pediu para eu virar de frente e massageou minhas coxas, subiu e encontrou o meu pau, riu e perguntou se era meu celular
Ri e falei brincando, põe a mão pra ver
Ela nem hesitou, abaixo meu shorts e começou a me punhetar, fiquei em choque, ela vendo minha reação perguntou:

-Nao está gostando, prefere que eu faça com a boca?

E começou a pagar o melhor boquete que já recebi em minha vida, que boca maravilhosa, eu não conseguia esconder meu tesão e pedi para ela tirar sua roupa também
Falei pra mudarmos de posição e comecei a chupar aquela buceta gostosa, lábios carnudos, tentei levá-la a loucura, ela gemia baixo para os vizinhos não escutarem
Depois de um tempo ela pediu para que eu comece a buceta dela

-Ahh que delícia, Chupa essa buceta vai, fode ela logo, eu imploro pelo seu pau, me fode gostoso, quero gozar pra você

E eu não hesitei, coloquei meu pau tudo de uma vez na buceta dela, ela deu um grito e eu comecei a tirar e por devagar, ela falou pra eu continuar e mais forte, fodia aquela buceta gostosa e falava

continua depois da publicidade

-Bucetuda, que tia gostosa, vou te foder todos os dias tia, você gosta desse paixão não gosta? Geme pra mim Geme, vou te comer gostoso
Depois de um tempo comendo aquela buceta fui mais ousado, enfie meu dedo no cu dela, coloquei dois e depois três e ela não fez nada , tirei meu pau da buceta dela e perguntei
-Posso
Ela me olhou, mordeu os lábios e se virou de quatro

-Fode esse cuzinho, meu sobrinho gostoso, quero sentir seu pau em mim, goza tudo no meu cu, fode gostoso
Eu cheio de tesão fui colocando aos pouco e dei tapas naquela bunda deliciosa, ela mordia o travesseiro para não gemer auto, e se masturbava, aquela buceta tão molhada que pingava no sofá
Quando eu estava prestes a gozar ela sentiu e falou
-Gozaaaa, enche esse cu de porra, estoca esse teu pau no meu cuzinho, quero todo seu gozo quente em mim, fode essa vadia, me come como um homem de verdade, faz o que seu tio nunca deixe, que delícia, isso, fode, goza, quero teu gozo
E com aquilo eu não resisti e gozei no cu dela e fiquei alguns minutos com meu pau em seu cuE ela pedindo para eu não tirar
Quando eu tirei ela chupou meu pau dnv e me beijou, nunca tinha beijado tão bem assim antes, foi maravilhosoNós dois pelados no sofá e fingimos que não aconteceu nada, continuamos assistindo tv, quando meu pau endureceu de novo e continuamos
Depois de mais uma foda intensa fomos tomar banho juntos e nos vestimosNós dois dias seguintes assim que meu tio saía nós íamos transar, meus pais voltamos de viagem e eu infelizmente tive que voltar pra casa, isso era em uma quinta feira
No domingo minha tia mandou um foto se masturbando com a legenda

“Estou te esperando, quando vamos se divertir de novo?”
Mas Isis fica para um próximo conto

Deixe uma resposta