Minha Prima – Uma Putinha Sonsa fudiona de 18 aninhos

Olá,  sou Moreno da pele bem bronzeada, tenho 1,81cm, sou magro porém com um corpo dividido por ser atleta, cabelos lisos e pretos(Cabo Verde) tenho 23 anos e um pênis de 19cm. Essa história é rigorosamente verídica como todas que passarei a fazer aqui, e por ser real inevitavelmente será bem longa, mas vocês não irão se arrepender.
Minha prima tem a mesma idade que eu, mesma cor, mesmo modelo de corpo e tem cabelos longos e cacheados, peitos pequenos, bundinha empinadinha e uma bucetinha muitooo pequena.
Bom, vamos lá; nossa história sempre foi de putaria, desde dos 18 anos, se roçava um no outro e pegava nas partes intimas do outro,até que um certo dia fui passar férias na casa de sua mãe onde ela morava, ambos já namorando, e saber que ela já estava dando provocou em mim um tesão absurdo e ela dando uma de santinha fiel ao namorado me provocava com saias e shorts minúsculos, dançava em minha frente, sentava de pernas entre-abertas, me permitia ver “sem querer” sua calcinha e etc;
um dia estavamos eu ela e uma amiga conversando e o assunto sobre sexo veio a tona, ela se fazendo de tímida mas me olhava com tesão, contudo ela fazia jogo duro, fiquei tão doido e espiava ela dormindo, batia punheta nas calcinhas dela e me masturbava pensando nela todos os dias;
até que algumas amigas dela começaram a comentar que tinham ficado comigo e contava detalhes então ela foi se derretendo por mim, quando percebi isso tbm passei a provocar ela, saia do banho com a rola dura fazendo o volume na toalha, passava a mão pra ela ver melhor tudo “sem perceber” que ela estava olhando; então chegou um domingo de sol onde é costume aqui aquele som alto, e ela muito empolgada, então a noite chegou e sua mãe foi pra casa do namorado e ela tomou banho vestiu um vestido bem colado e curto azul, com uma calcinha bem atolada no cuzinho branca com rendinha na frente, sem sutiã, cabelos soltos, a pele brilhava com o óleo de corpo que ela usou, um perfume bem gostoso e foi pea casa do namorado dela, eu fiquei doido quando vi ela daquela forma e assim que ela saiu me masturbei cheirando a calcinha que ela tinha usado durante o dia, mas não demorou muito ela retornou dizendo que de ultima hora ele iria cobrir o plantão de uma amigo no trabalho, então eu fui tomei banho e vesti um shorts de jogar futebol e sem cueca fiquei sem camisa sentei no sofá pra assistir um filme eu em um sofá e ela no outro, então começou, ela começou a me olhar e balançava as pernas abrindo e fechando mostrando brevemente sua calcinha, eu disfarçava e olhava mas ai i volume em meu shorts começou a aparecer de uma forma descontrolada até que fiquei com o pau duro como uma pedra, eu já suava e a cabeça do meu estava melada já, ela se abria mais e mais e eu sentei no msm sofá que ela, ela respirava junto e parecia tremer de tanto tesão, então segurei em seus cabelos e a beijei, nossa foi tão gostoso aquele beijo(mordida nos lábios), beijando eu coloquei a mãos em sua coxa e comecei a subir até chegar em sua bucetinha, e que bucetinha, estava ensopada, nossa muito quente e bem molhada, toda meladinha, ali eu acaricia o grelinho dela por cima da calcinha msm, então eu comecei a beijar o pescoço dela, cheguei a até seu ouvido e dei aquela mordida em sua orelha e sussurei(você não sabe o quanti esperei por isso)….
ela fechava os olhos e apertava e arranhava meus braços em falar nada, com boca fui descendo e chegeui em seus peitinhos deliciosos, chupei, beijei, lambi e mordi os biquinhos e ela gemia muito baixinho e continuava a me apertar e arranhar, fui abaixando seu vestido e junto ia deslizando coma língua em sua barriga, então por completo tirei seu vestido, e a deixei apenas de calcinha, então comecei beijar suas coxas e com a língua fui subindo e cheguei na bucetinha dela segurava firme em minha cabeça e se mechia passando aquela bucetinha em meu rosto, então de dente comecei tira aquela calcinha olhando nos olhos dela, ao tirar olhando eu seus olhos lambi todo aquele melzinho que estava sua calcinha e disse(que delícia) ela abriu bem as pernas e eu olhando aquela bucetinha disse(é linda, muito melhor do q imaginei) então caí de boca naquela bucetinha que cabia toda em boca, nossa era muito quente estava encharcada, eu lambia, chubava de leve mordia aquele grelinho, dava umas tapinha naqiela xaninha e olhava pra ela o tempo inteiro, passei a língua naquele cuzinho virgem, ela não falava nada, só delirava fechar os olhos e me olhar, entre gemer baixinho e se calar apertandi e nordendo os lábios, entre rebolar e se render por inteiro, entre segurar firme puxando de encontro sua buceta e em empurrar minha cabeça, até que ela gozou gostoso na minha boca, entao me levantei e com ela sentada abaixei meu shorts e puxei seu rosto de encontro meu pau, ela o segurou firme, começou a chupar, ela lambia a cabeça, colocava ele quase inteiro boca, ela lambia meu saco, eu batia com a rola em seu rosto, ela subiu lambendo minha barriga, então me deitei e fizemos um 69 ficamos assim durante um tempinho e pedi pra ela ficar de quatro ali no sofá….
e então comecei a colocar o pau, a buceta dela era muitooo apertadinha, quandi passou a cabeça ela deu aquela gemidinha tímida, então comecei a empurrar tudo, meu pau entrou deslizando naquela glutinha lubrificada de tão molhada qie ela estava, e quando entrou tudo eu que gemi dizendo(Ai, que buetinja gostosa di Caralho) e lentamente eu metia, nossa que buceta, então comecei a acelerar e socar com mais força gradativamente, ela começou a gemer ainda mais gostoso, e eu então montei sobre ela e comecei a socar com muita força e bem rápido segurando firme seus cabelos, então ela foi arriando e eu junto com ela até que ela ficou de brussos e eu mechia com o pau dentro dela, nós dois muitos suados eu deitado por cima dela beijava sua orelha socando aquela bucetinha hora forte hora lentamente e ela gemia gostoso demais e continuava sem falar uma palavra, apenas gemia, eu então abracei seu corpo segurandi em sua barriga e sem tira de dentro ficamos de lado e passei a socar ela de ladinho depois sem tirar de dentro dela ela só deitou sem corpo sobre o meu, sentou e começou a sentar de costas para mim, então pedi ora ela ficar de frente, ela se virou e começou a ficar ainda mais safada, o olhar dela era um tesão ela sentava gostoso, quikava, rebolava, sentava devagar e depois sentava bem forte e gemendo eu estava louco, ela se deitou sobre mim viramos de lado só que agora de frente ela com uma perna em meu quadril os corpos suados agarrados e olhar nos olhos, socava gostoso e beijava ela, depois levante peguei ela no colo, ela com os braços em meu pescoço as pernas meu quadril em pé eu comecei socar bem forte e ela emfim falou(Ai caralho qie delicia, não para não seu gostoso que eu vou gozar denovo), eu dizia(isso safada goza no meu pau) e ela gozou de uma forma louca em meu pau, a ponto de se tremer e parecia perder e ficou com mole rendida em meus braços, foi quando eu coloquei ela deitada e de frango assado comecei socar forte, e disse olhando em seus olhos(agora quem vai gozar sou eu)…
então levantei suas pernas colocando-as em meu peito coloquei meu pés no sofá e montei sobre ela socando muito forte olhando em seus olhos e beijando até que eu gozei dentro dela bem gostoso, muito gozo dentro daquela xereca, e ali desabei sobre ela e ficamos ali cansandos, suados um sobre o outro nos olhando sem falar uma palavra…
Bom vou parar por aqui pq ficou muito longo mas, não podia ser diferente, me perdi escrevendo pois lembrando eu pausava aqui me masturbando, depois disso transamos de novo no chuveiro, e dês de então ela virou minha putinha e eu o cachorro dela, transamos sempre que nos encontramos até hoje, tivemos várias aventuras e transamos de todas as formas, depois irei contar como Comi o cuzinho dela pela primeira vez.

Deixe uma resposta