A novinha sendo fudida pelo escritor do conto

Moro em Brasília um tempo e gosto de publicar minhas aventuras, sou escritor e sexólogo, e meu sonho era ficar com uma leitora de meus contos, um dia recebi um e-mail de uma moça que não vou citar seu nome, eu respondi na hora e pedi o zap mas ela demorou 5 dias pra responder de volta, ela me disse que era de Goiânia a 200 km de Brasília, e disse que se tocava muito lendo meu conto e queria muito ficar comigo e ver se era aquilo mesmo que eu descrevia nos contos, só tinha um problema ela era virgem e achava que com minha experiência seria legal se entregar pra mim, eu disse que iria pra lá, marcamos em um shopping e quando a vi nem acreditava, tinha feito 18 naquele dia cabelos cacheados ruivos de nascença e com poucas sardas no rosto, baixinha coxas grossas, os peitos eram pequenos e o bumbum normal nada muito exagerado, moça simples sem muita maquiagem, veio sorrindo e me deu um selinho, estava nervoso afinal tenho 40 anos e ela eram um anjinho, sentamos na praça de alimentação e rimos muito, ela disse que adorava homens mais velhos, fiquei mais tranquilo, então disse vamos para nosso ninho de amor? Ela sorriu e disse sei kkkk. Saindo dali fomos para o motel, escolhi um bem top afinal queria que fosse inesquecível sua primeira vez, quando entramos ela foi me beijando com tanta vontade e foi pegando na minha pika, e disse nossa eu nem dormia direito de tanta vontade de dar pra você, eu fiquei louco com aquilo, fui beijando com tanta vontade, ela caiu de joelho e botou o pauzão pra fora e foi mamando com vontade, pensei ela pode ser virgem mas deve que ja mamou muita pika pq fazia muito bem, ela mamava olhando para meus olhos com sorrizinho no rosto e cara de safada, estava muito bom, ela me mamava por mais de 20 minutos acho que queria me devorar eu disse para um pouco porque vou gozar ela disse eu quero seu leitinho, hj quero ser sua putinha, meu pau foi pulsando e jatos de porra encheram sua boquinha de anjo, entramos na banheira de hidromassagem e beijamos muito, meu pau ja estava doido pra fuder aquela novinha, saimos dali e fui beijando seu corpo inocente só via se arrepiando, dei um banho de língua, e chupei sua bucetinha rosada com vontade, chupei tanto sua buceta e lambia seu cuzinho que ela implorava pra ser fudida, voltava a beijar sua boca e olhar em seus olhos até que comecei esfregar a cabeçona do meu pau na entrada de sua buceta e olhando para o rosto dela com uma cara de safada e ela até mordendo os lábios de vontade, peguei um lubrificante e lambuzei bastante sua bucetinha e fui esfregando o pau e enfiando devagar, eu disse só vai doer quando romper o cabacinho, ela me apertava e unhava minhas costas até que meti tudo ela deu um gritinho e eu fiquei parado, e comecei a beija-la enquanto deixava sua buceta acostumar com meu pau dentro dela, ela disse amor pode mechendo devagar ta só ardendo mas ta gostoso, então gui aumentando o ritmo e fui metendo forte ela gemia era um misto de dor e prazer ela dizia isso me faz sua puta, ai dava tapas leves na sua cara e dizia assim que gosta né vagabunda e ela dizia isso me xinga, cachorro, nossa ela se transformou coloquei ela de quatro e meti fundo e forte e metia tapas em sua bunda e ela dizia mais forte e queria sair dolorida e vermelha dali, comi ela de toda forma e posição, deixei sua buceta pingando gozei umas 4 vezes, depois voltamos para a banheira de hidromassagem e nos beijamos bastante, e ela me disse amor agora quero dar meu cuzinho pra vc sei que vai comer gostoso, fiquei louco, fomos novamente para a cama e comecei beija-la loucamente e chupar seus peitinhos e sua buceta dei umas belas linguadas em seu rabo e passei lubrificante e fui metendo devagar ate que entrou tudo, não acreditava aquela baixinha era valente, ela mandava fuder forte e eu nem acreditava no que via, eu mordia suas costas e pescoço deixando ainda mais aquela sensação mais gostosa, depois arranquei a camisinha e gozei em cima de seus peitos e ela delirou, fomos tomar banho entramos no carro e perto da casa dela tinha um caminho meio deserto e ela disse nossa eu quero só mais uma aqui no carro pulamos para o banco de trás levantei sua saia e arredei sua calcinha e meti a vara sem dó e gozamos muito gostoso, deixei ela na porta de casa e nos beijamos muito, depois fui algumas vezes la e ficamos e um tempo depois começamos a namorar, cheguei a noivar pra casar, até que um dia peguei uma conversa dela no zap com um cara dizendo nossa ontem vc me fudeu muito gostoso ai terminamos.
Se você que leu até aqui e sentiu interessada, sou moreno claro, 1,73 de altura, 75 kg, 40 anos muito experiente com novinha, beijo e pegada de enlouquecer, muito cheiroso, um pau grande e gostoso, realizo todas suas fantasias, manda um email mas já manda com zap e DDD respondo na mesma hora trabalho com internet e email fica aberto o tempo todo, vou te levar a loucuras na cama, o email é [email protected], aguardo vcs.

Deixe uma resposta