Amiga Travesti – Meus Contos Eroticos

Levei minha amiga pra dormir em casa , eu n tinha percebido q ela era travesti, ela dormiu no meu quarto comigo, durante a noite ela foi se aproximando de mim até q eu senti seu volume esfregar em mim e eu fui ficando com tesao q comecei a me masturbar, quando ela acordou e colocou seu pau enorme e cabeçudo pra fora pra eu chupar.

Eu nunca tinha chupado uma travesti, comecei chupando seu pau, minha buceta latejava de tesao, quando ela disse q queria enfiar na minha buceta, de frango assado ela foi enfiando devagar e meu cu não parava um segundo de piscar, queria agasalhar o cacete dela, ela com o pau latejando e sem camisinha enfiou de uma vez no meu cu q não parava de piscar, quando vimos meu pai olhando na fresta da porta, n aguentei esguichei nela deixando a toda melada e não parava de socar no meu cu q tb n parava de piscar.

Pensei q ela podia comer o cu do meu pai, então chamei ele pra entrar, sabia q ele não resistiria uma esguichada e nem um cu piscando, ele veio achando q seria ativo, socando a língua grossa na minha buceta e depois no meu cu e ela chupando o pau dela e eu metendo minha língua no cu dele q n parava de piscar, quando eu disse pra ela ver ela n aguentou socou a cabeça do pau no cu do meu pai, cu virgem, engolindo aquela cabeçona babona, piscando sem parar, enquanto eu sentei com meu cu no cacete do meu pai e de tesao só esguichava no peito dele e quanto a travesti comia gostoso seu cu apertado, até q ela gozou dentro do cu do papai e eu fui limpar seu cu com minha língua, e papai gemia e piscava o cu esporrado enquanto a travesti enfiou com tudo o cacete no meu cu novamente e eu esguichava nela de tesao.

Quando papai percebeu a situação ficou sem jeito de ter dado o cu pra travesti perto da filha e o pior de ter enchido meu cu de porra q depois a travesti acabou limpando com a língua e papai saiu correndo do quarto sem saber o que fazer pois estava todo melado de orgasmo meu e da travesti, q a cada vez q passava a mão no seu peito melado e lembrava do meu esguicho no seu peito ele gozava sem colocar a mão no pau de tanto tesao.

Conto erotico dando pra travesti

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta