Minha mulher, um travesti e eu – Sexo a três

Vou contar um lance que rolou comigo minha esposa e uma travesti.
Tenho 56 e sou casado com uma mulher maravilhosa e nos casamos há mais de 18 anos…

Minha mulher é morena, olhos castanhos, cabelos preto liso, seios médios e bunda perfeita bem empinadinha. A gente sempre curtiu realizar todos os nossos fetiches por mais safados que fossem, mas um dia minha mulher resolveu que queria dar para uma travesti.

A gente saiu pelas ruas da orla vendo as bonecas que ficavam lá batendo ponto, algumas feias, outras lindas pra caralho, mas uma chamou muito a atenção, uma loira gostosa pra caralho, alta, peituda, magrinha e com um bundão. Parei o carro, perguntei quanto era o programa e seu nome.
Ela respondeu e ela entrou no carro com a gente. Fomos para um motel, conversamos com ela e descobrimos que ela era muito legal e safada.
No motel eu fui tomar um banho e tomar um viagra, queria durar muito ali na trepada com as safadas e quando voltei minha mulher safada tava bem entrosada com a travesti, ela tava pagando um boquete gostoso do caralho pra essa safada, mamando seu cacete e eu ali morrendo de tesão querendo trepar logo com as duas.

Fiquei assistindo a tudo com o pau na mão, comecei a tocar uma punheta gostosa, quando as duas me viram, chamaram pra uma sacanagem. Me aproximei e enquanto minha mulher chupava a trava de quatro, eu comecei a chupar sua buceta gostosa de quatro. Foi uma delícia provar a buceta da minha puta enquanto ela mamava aquela loira perfeita.
Travesti transando com minha esposa puta

Pedi pra a Travesti fuder minha mulher para eu assistir, ela então colocou uma camisinha, deitou minha mulher na cama e começou a chupar a buceta dela todinha, depois as duas se beijaram bem gostoso e a safada começou a socar na buceta de minha esposa e ela rebolava embaixo da Travesti, gemia, pedia mais e uma chupava o peito da outra. Caralho! Eu tava vivendo um sonho, tava ao lado delas me acabando na punheta.
As duas resistentes pra caralho e eu também depois de ter tomado uma azuzinha.
-Caralho que tesão vocês duas! Fode minha esposa vai, come essa buceta gostosa!
E a Travesti fodia minha mulher toda, fazia ela gemer mais do que quando liberava a buceta pra mim. Não aguentei e quis entrar na brincadeira. Enquanto a Travesti fodia minha mulher, encapei meu pau lambuzei seu cuzinho de KY e fui para o ataque.
Abri aquele cu gostoso, ela parou de meter na Manu pra me deixar encaixar e quando minha vara encaixou naquele cu, a gente entrou numa sincronia gostosa, ela fodendo minha mulher e eu fodendo o cu dela. Eu ia acompanhando o ritmo cheio de tesão, minha mulher gemendo pra caralho, a Travesti também.
A Travesti fez minha mulher gozar e depois de mais umas metidas tirou o pau e empinou mais gostoso pra mim.
Segurei ela pela cintura e comecei a meter gostoso pra valer naquele cu, minha mulher tava cheia de tesão e queria mais putaria. Começou a tocar uma siririca bem gostosa assistindo eu comendo outra.
-Vai amor, fode o cu dela, olha como minha buceta tá molhadinha de novo. Fode o cu dela, depois vem fuder a buceta da sua puta.
Meti, meti e meti mais, com força, de tudo que é jeito e acabei gozando depois de horas de meteção. Tirei a camisinha com meu pau já mole e as duas ficaram de joelhos na cama se revezando pra me chupar. Minha mulher mamava, depois a Travesti, ficamos nesse ritmo gostoso até eu sentir que tava perto de gozar novamente.
-Caralho suas putas! me chupando assim eu não vou aguentar, vou gozar de novo porra!
E não demorou, senti que ia gozar e fiz elas ficarem juntinhas de boca aberta pra receber A minha porra.

Foi gostoso pra caralho. Essa foi só nossa primeira vez com uma trava, depois disso ficamos clientes fieis dessa travesti.

3 comentários em “Minha mulher, um travesti e eu – Sexo a três”

Deixe uma resposta