Coroa safado fudeu meu cabacinho.

Isso tudo aconteceu quando eu tinha 11 anos. Meu nome é Mayara meu vizinho ficou viúvo aos 50 anos e tinha 2 filhos pequenos um de 7 e 8 anos e um de 17 anos que morava com a mãe era do primeiro casamento. Eu sempre ficava na casa dele a mulher dele me tratava muito bem, ela teve uma doença rara e faleceu.

As crianças ficavam de dia na casa da vó. Um certo dia ele perguntou a minha mãe se eu não poderia olhar os meninos a noite porque ele dormia cedo e os meninos estavam sentindo falta da mãe como eu estava sempre lá os meninos estavam acostumados comigo. Minha mãe entendeu afinal todos os vizinhos estavam com pena dele. E eu comecei a ir dormir lá para olhar os meninos. Ele sempre me tratou bem, me beijava na testa, me abraçava e até no colo dele eu já tinha sentado. Era um tio bonzinho.

Os meninos não davam trabalho para dormir. Na terceira noite eles foram dormir eu fiquei na sala ele perguntou se eu nao iria dormir eu falei que estava sem sono. Ele sentou ao meu lado e falou vem cá perto do tio vem eu fui ele me abraçou começou beijar meu pescoço e acariciar meus peitinhos.

Falando que eu era a menina do tio, nunca tinha sentido aquela sensação nem tinha beijado na boca ainda. Ele me sentou no colo dele e levantou minha blusinha e começou chupar meus peitos eu era bem inocente em relação a sexo. Tinha acabado de menstruar e não falava disso com ninguém era bem sossegada mas aquela sensação gostoso de ter os peitinhos sendo sugado era uma delícia, ele enfiou a mão dentro do meu shorts e minha bucetinha ja estava encharcada isso deixou ele louco.Me deitou no sofá arrancou minha roupa me deixou peladinha e chupou minha buceta. Carinhoso, tudo muito devagar foi me devorando aos pouquinhos e perguntou se eu queria parar eu disse que não ele podia continuar me chupou o grelinho gostoso, e falava quanto tempo que não chupo uma buceta eu sou um cara de muita sorte que peitinhos gostoso e chupava, foi me chupando e beijando o corpo todo ficou me admirando falando o quanto minha bucetinha, meu cuzinho, meus peitinhos eram gostosos.

Nós beijamos gostoso era como se eu soubesse o que eu tinha que fazer, ele me sentou no colo dele me encaixou e foi forçando o pau dele na minha bucetinha aos mesmo tempo que eu comecei sentir dor eu também não queria parar foi quando ele empurrou meu quadril pra baixo e eu senti o pau dele me entrar como se estivesse me rasgando gemi ele gemeu também e começou a socar sem dó me colocou de quatro e meteu gostoso, depois me colocou como uma franguinho e falou um monte de besteira no meu ouvido.Que ia me foder todinha, que agora eu era a ninfetinha dele, e que todo dia ele meter o pau na minha buceta e seria um segredo se eu contasse pra minha mãe não iria mais dormir lá.Eu falei não vou contar mas vai ter que me chupar todo dia ele riu e falou putinha ordinária.

Quando foi gozar tirou o pau e mandou eu chupar cai de boca e ele gozou na minha boca eu chupei tudinho até a ultima gota.Ele ficou olhando pra mim e falou você é maravilhosa putinha vai tomar leitinho todo dia para ficar ainda mais gostosa..Ficamos ali no sofá ele me acariciando passando a mão na minha bandinha. Uma bundinha lisinha arrebitada. Começou passar o pau na minha bunda eu ainda estava muito molhada e gozada ele foi colocando a cabecinha falou que iria doer mais ia passar a dor que ia cuidar de mim fui mesmo sentindo uma dor absurda ele falou pra mim morder a almofada e foi enfiando até entrar todinho ele ficou ali me acalmando me acariciando começou a passar o dedo gostoso no meu grelo e meter no meu cuzinho ele falava boas meninas aguentam tomar no cu e vc é uma boa putinha então vou meter gostoso nesse cuzinho e você vai dar ele gostoso pra mim e meteu gostoso até encher meu cuzinho de porra .Fiquei ali exausta fomos para o banho e ele meteu no meu cuzinho de novo no chuveiro, senti arder mas como era uma boa putinha eu aguentei.Depois ele me deitou na cama e passou uma piadinha no meu cuzinho e falou que depois tinha mais.Fomos dormir pela manhã levei os meninos para casa da avó e fui para escola.A noite eu voltei ele olhou e falou pensei que não voltaria, você quer mais eu sorri e disse o que acha.Ele colocou o pau pra fora e falou então chupa sua putinha eu ajoelhou e ele so vou na minha boca mas não gozou falou vai la põe os meninos pra dormir porque essa porra aqui vai ficar pro seu cuzinho como ele está? Eu respondi vc quem falar como ele está. Fui coloquei os meninos pra dormir um deles o de 7 anos só dormia abraçadinho nesse dia ele antes de dormir ficou chupando o bico do meu peito e adormeceu.Fazia pouco tempo que tinha largado a chupeta por isso tinha dificuldade em dormir Mas depois que descobri que era assim que ele dormia foi mais fácil.Ele ficava louco de tesão quando via o filho me chupando o mamilo.Quando eu saia do quarto ele estava louco de tesão as metia ali mesmo no corredor. Virei a putinha dele. Sempre dava um jeito de gozar no meu cuzinho e eu gostava. Quando os meninos estavam um com 11 e o outro com 12 anos eles já começaram entender o que acontecia. Ele me colocou pra tirar o cabaço dos meninos e ele ficou olhando.Depois disso passei a transar com os três.Ele me dava tudo essas alturas não tinha como esconder e me mudei com ele para o interior. E vivemos muito bem nos três.

Compartilhe com seus amigos:

3 comentários em “Coroa safado fudeu meu cabacinho.”

  1. Nossa um.dos melhores contos eróticos que ja li.Não tenho coragem de comer menina de menor mas com 18 ano s nas condições que vc descreveu pqp tesão.Quero contato com novinha e casal de novinho ou pai que quer exibir sua filha novinha acima de 18 anos sigilo total e discrição
    Onze nove cinco dois sete três meia dois quatro três

  2. Não concordo com pedofilia, estupro ou qualquer situação que seja á margem da lei. Procuro mulher fogosa ou casal cujo marido libere sua esposa para transar comigo.
    taradofetiche@outlook.com
    Ninguém vai ficar sabendo.Tenho excelente nível, educado, saudável e a amizade e o prazer nos manterá unidos.
    Interior de sp ddd 15

Deixe uma resposta