Dei o cu para o amigo do meu filho

Olá. Sou uma atraente mulher, de 53 anos, com o corpo legal e cheia de tesão. Sempre louca para foder sem limites. Comigo não tem preconceito. Está com a pica dura, eu sento em cima. Sou casada, mas meu marido é devagar, quase parando. Tenho especial preferência por sexo anal, embora não dispense uma bela mamada com direito a leite quentinho na língua.

Recentemente um amigo do meu filho apareceu na minha casa para estudar. Meu filho havia saído. Como o rapaz morava longe, sugeri a ele que aguardasse. Assim, o alojei no quarto do meu filho onde podia ficar à vontade.

Deixei o rapaz lá e fui para os meus afazeres. Aqui cabe um parênteses: Eduardo (nome fictício) era um belo rapaz. Alto, negro, bonito e com um corpaço malhado. Embora tivesse notado isso, não fiquei ligada, pois se tratava de um amigo do meu filho.

Depois de algum tempo preparei um lanche e fui levar para ele, ao chegar, com a bandeja na mão, não bati na porta. Ao entrar ele deu um pulo, pois estava vendo um filme erótico num canal da sky. Ficou nervoso e não conseguiu mudar o canal. Eu dei apenas um sorriso e disse a ele que ficasse calma, pois aquilo que se passava ali eu já conhecia. Saí do quarto com o coração aos pulos, pois pude perceber o grande volume na sua bermuda. O fogo, então, acendeu. Fui para a cozinha e não conseguia me concentrar. Então, fui para o banheiro para me masturbar. Não consegui. Como me masturbar com um macho daquele ali disponível.

Tomei uma decisão. Fui ao meu quarto, coloquei uma tanguinha tipo fio dental deixando os seios nus e me encaminhei para o quarto do meu filho. Bati na porta e ele disse: pode entrar. Quando me viu deu outro pulo. Ficou nervoso. Pálido. Então o tranquilizei Pedi que ficasse sentado e comecei a acariciar o seu pau por cima da bermuda. Notei que crescia rapidamente. Enquanto acariciava aquele pau crescente beijei-lhe a boca num beijo de língua bem gostoso. Logo depois abri a braguilha libertando aquele colosso. Suavemente comecei a acariciá-lo com uma suave punheta enquanto ainda beijava-lhe a boca. Comecei a lamber o rosto dele e sussurrei no seu ouvido que eu precisava lubrificar o pau dele. Ato contínuo fui descendo com a língua, acariciando o peito malhado, lambendo os mamilos, até absorver na minha boca aquela glande deliciosa.

Lambi com bem devagar e fui engolindo o que pude. A pica dele era grande e grossa. Muito além do normal. Talvez uns 25 cm x 6. Usufrui daquele colosso por muitos minutos, fazendo com que o menino gemesse. Ele pegava a minha cabeça e pressionava de modo que eu pudesse engolir mais seu pau. Eu gemia e babava. Ele quase foi à loucura quando eu lambi e chupei as suas bolas. Depois de ter chupado bastante, mandei que ele sentasse numa cadeira e me posicionei de frente para ele. Peguei aquela lança enorme, direcionei para a minha boceta e fui deixando o meu corpo descer devagar. Acho que não entrou tudo, mas mesmo assim rebolei muito e beijei muito também.

Apesar das delicias que eu estava provando, eu queria mesmo era tomar no cu. Adoro. Gozo muito. Espero que o homem me foda o cu sem o mínimo de piedade. Posso sentir dor, berrar, mas adoro que a pica entre toda. Assim, depois dele me foder bastante a boceta, fiquei de 4 num sofazinho e ofereci minhas pregas para ele, arreganhando minhas nádegas com as mãos. Ele se enrolou um pouco (parecia nervoso, com medo) pois enterrou na boceta molhada e já arrombada. Com carinho peguei o pau dele e encostei na entradinha do meu ânus. Rebolei devagar e pedi a ele que fosse enfiando. Ele foi obediente e foi metendo sem fazer o movimento de vai e vem. Apenas entrando bem devagar. Acho que engoli tudo, apesar da dor. Quando senti que suas bolas batiam nas minhas nádegas, pedi que ele fodesse gostoso. Ele meteu sem pena, mas gozou logo. Senti o tremor do seu corpo e o jato de porra grossa e quente me inundando. Era tanto sêmen que me escorreu pela bunda. Depois ele tirou e como vi que estava em condições, encerrei lambendo o seu pau. Depois disso ele se recompôs e foi embora. Nem esperou o meu filho. [email protected]

Leia mais contos de amigo de filho

Compartilhe com seus amigos:

8 comentários em “Dei o cu para o amigo do meu filho”

  1. O meu filho tem pau gostoso ja peguei varias vezes… faço carinho pegou chupando a cabeça do beijinho não por muito tempo..só um pequeno carinho pouco minutos. Principalmente pela manhã quando eu vou acordar ele

  2. Desde dela nova adora meter o dedo no meu ku… principalmente quando era a noite quando o meu pai tava fudeno minha mãe…. Eu sinto um imenso tesão no meu redondinho… As ciririca que EU fazia sempre com o dedo no meu ku…… quando EU me casei pensava que ia me realizar. O meu marido dedicado a igreja evangélico nunca quis meu ku…….em 2012 meu marido foi promovido na igreja na administração financeira. Viajava sempre pr outros estados…. foi a época q o pau dele tava ficando gostoso…. grossso….e mas safado… Eu peguei ele fudeno o ku do colega dele no fundo do quintal……briguei com ele mandei o colega dele embora. Fui no banho lavar o pau dele duro todo melada sujo de merda. Peguei ele novamente no ku do colega dele.. tornei limpar o pau dele… 8 mês depois meu marido fez viagem pr SP e interior do estado. Peguei ele novamente no ku do colega dele….briguei mandei o colega dele embora……. fui no banho limpa o pau dele duro todo melada sujo de merda….. fui muito bom saber que gosta de ku …..e sabe fuder um ku bem gostoso

  3. No sábado de carnaval agora….Eu fiz uma loucura… coisa q eu nuna imaginava… o meu marido tava bêbado já na cama dormindo era quase as 02 hrs da manhã minha filha com o namorado dela na sala tinha tomado vários goli de certeza é o wilsk…natural.. Eu tbm… Eu olhando para ela de 4 no sofá. Ele é mas novo um ano pau gostoso…..depois ela começou fazer boquete fui bem devagarinho segurei a cabeça dela lambi o pau dele na boca dela a boca dela…. Eu levei a mão tava sem calcinha meti o dedo na buceta dela tava lacrada meti o dedo no ku dela mas 1 mas 2 …. tres dedo no ku dela tava arrumando o ku dela…..paguei um boquete maravilhoso junto com ela com muito carinho e lambidas na boca dela gozou depois do gozo ele foi embora. No banho com ela. Beijou na minha boca.. empurrando a minha boca na buceta dela…. . Na segunda feira só nós duas em casa éla vei na cama novamente… esfregava a buceta na minha buceta pediu para fuder a noite na cama com agente.. Eu disse pra ela q ia perguntar o pai dela se ele topava..
    …nunca imaginei que podesse acontece um alto desse… mas aconteceu

Deixe uma resposta