Engravidando casadas

Antes de tudo, isso aqui é a internet, eu vou abreviar as palavras sim e se vc tem problemas com isso, sinto muito.

Me chamo Bernardo, tenho 27 anos, branco, cabelo bem escuro e modéstia a parte eu sou oq muitos consideram “Chad”, musculoso, alto, rosto simétrico, batalhei muito pra conseguir ficar sarado e bonito, sempre fui bem feio e esquisito, mas depois que me formei meu trabalho garante bastante dinheiro pra eu usar na minha estética e continuar com uma vida boa, sou médico e atuo no RJ. Enfim, hoje eu sou um ímã de mulheres e homens.

A paixão da minha vida é engravidar e não assumir o filho. Isso começou na minha adolescência. A gente estava no 1° ano do ensino médio, turma entre 15-16 anos e um amigo meu engravidou uma garota da sala e não assumiu o filho. Como a gente era bem amigo ele me confessou que não foi um acidente. Vou chamar ele de Hugo e ela de Amanda.

Eles tinham um casinho escondido, nada de espetacular, mas ela confessou pra ele que era virgem. Quando soube disso já ficou doido pra meter o pau nela. Ele tinha esse fetiche de engravidar alguém e planejou tudo. Ela era evangélica e meio bobinha, culpa dos pais que por serem religiosos não conversavam com a filha sobre sexo, esse tipo de pessoa acaba ficando muito ingênua e acredita em qualquer coisa que alguém “experiente” no assunto conta. Enfim, ele seduziu ela e transaram, quando foi gozar disse que ia gozar dentro (estavam sem camisinha) pq não tinha como ela engravidar na primeira vez, ela concordou e o resultado eu já disse, ficou grávida e o Hugo negou tudo, disse que ela era louca e que nunca teve nada com ela. Como era um caso escondido, Amanda não tinha como provar, DNA não era muito comum na época e meio difícil de conseguir. Resultado: ficou grávida, os pais mudaram de cidade com vergonha dos comentários por ela ser religiosa e ter um filho bastardo.

Enfim, quando ele me contou tudo isso de ter planejado engravidar ela, me deu um tesão enorme e comecei a procurar por relatos e contos assim, puts, a partir daí eu VICIEI. Depois disso procurei fazer a mesma coisa que ele. Procurava alguma garota boba, seduzia e engravidava, algumas eu conseguia, outras não. Quando me formei na escola, eu já tinha 3 filhos não assumidos (e que nunca vou assumir).

Mas essa relato é sobre as casadas.

Lendo sobre esses relatos e contos sobre engravidar alguém, me deparei com alguns do tipo “engravidei a casada” “corno virou pai” e afins. Procurei algum site de relacionamento pra ver se encontrava uma casada e tals e achei um casal que o marido queria ser corno. Marcamos um encontro e tals, meti a pica na esposa dele, gozei dentro, ele bebia minha porra direito da buceta dela, acontecia tudo, até meter o pau nele eu metia. Ficamos nos encontrando por um mês e rolava sempre uma gozadinha dentro dela. E então chegou a notícia, ela ficou grávida. Quando eles me falaram isso, já logo meti “você quis ser corno, problema é seu, assume aí pq eu n tô nem aí, frouxo” e o pau dele ficou duro na HORA ele disse que já que eu MANDEI ele ia assumir sim, passaram os meses e nasceu a criança, o corno todo feliz mostrando o meu filho pros outros falando que era dele. Depois disso meu tesão por esse fetiche só aumentou e passei a seduzir apenas casadas.

Engravidei a enfermeira chefe do hospital que trabalhei em sp que era casada com um dos cirurgiões, engravidei a dona de uma farmácia aqui perto de casa que é casada com o outro dono, engravidei a esposa de um bom amigo meu (mas esse descobriu, só que fez igual o outro OTÁRIO e assumiu). Mas nada se compara de quando eu engravidei minha cunhada. Eu odeio meu irmão desde sempre por motivos pessoais que não vou citar aqui e essa foi a maior vingança que eu poderia fazer. É tão gratificante ver o OTÁRIO exibindo aquele menino lindo por aí “olha meu filhão, puxou o pai” e puxou mesmo, pq ele parece bastante comigo, mas sempre ficam naquilo de “é genética, ele parece com o tio” quando falam isso a Angélica, minha cunhada, gela na hora com medo. Se quiserem eu conto mais detalhadamente sobre esse caso com a minha cunhada pq esse relato aqui já tá bem grande.

E é isso, o grande amor da minha vida é fazer os outros de trouxa e plantar a “sementinha” da discórdia no ventre alheio.

Compartilhe com seus amigos:

5 comentários em “Engravidando casadas”

  1. Esse cara muito safado, se já não bastasse comer a mulher dos outros ainda engravida as trouxas de propósito.Deixa o problema para a mulher e o marido.Eu passei por isso.Minha mulher é linda gostosa e puta.Dinheiro na mao calcinha no chão.Saiu com um negro pauzudo engravidador de casadas e foi mais uma vitima dele.A camisinha estourou eele jogou todo o leite dele dentro da minha mulher e disse torcer para que ela engravidasse e se tornasse mais uma vadia casada grávida dele.Minha mulher seria a sétima.Dito e feito,o filho da puta meteu um bebê na barriga da minha mulher.As tetas dela cresceram muito,a barriga dela também.Ela ta parecendo uma vaca as tetas dela tem tanto leite que fica pingando pelos biquinhos das tetas.Tudo isso resultado do leitinho que despejou dentro da minha mulher.

Deixe um comentário