Meu Primo faz o que quer de mim

Só pra avisar eu não tenho o costume em escrever mas depois de ler alguns contos me deu vontade de compartilhar o que aconteceu comigo, então espero que não se importem com os erros de gramática.

Quando eu era mais jovem eu ia sempre visitar minhas tias por parte de pai porque meu pai era separado da minha mãe, e uma vez fui passar férias na casa de uma tia, e ficou de eu dormir no mesmo quarto do meu primo bem mais velho que eu, e ele sempre foi mto tímido e eu também mas como eu conhecia ele desde pequeno a gente já conversava normal.

No mesmo dia que cheguei de viagem já estava mto cansando e ainda ficamos eu e meus primos e prima até tarde conversando jogando baralho até que chegou a hora de todos ir embora, minha tia já estava dormindo, meu primo estava fechando as janelas e trancando as portas e eu fui tomar banho, quando sai do banho e fui pro quarto com meu primo e ele me convidou pra assistir um filme mas falei que estava cansado mas que ele poderia assistir que eu durmo pesado, e todos meu parentes sabem que durmo feito pedra, sempre me atrasando pra tudo porque sempre dormia demais e ele também sabia, ele concordou e eu deitei na cama e dormi.

Nos passar dos dias percebi que sempre estava acordando com o rosto melado e com um sabor estranho na boca, mas não pensei muito sobre e ao chegar a noite fui pro quarto com meu primo percebi que ele estava vendo um vídeo porno que ele recebeu no grupo do WhatsApp, a gente riu e ele me perguntou se eu curtia e se eu me masturbava, eu respondi que de vez em quando mas só quando estou sozinho, logo em seguida me perguntou se eu me importava dele se masturbar e eu respondi que não me importava era só ele esperar eu dormir…

Como a gente teve essa conversa eu fiquei por uns momentos pensando nisso, e logo escutei ele batendo uma, e como eu tinha deitado de lado para mesa dele, abri o olho e vi ele sentado com o pau médio e grosso na mão enquanto estava no note, e na hora eu perdi meu sono mas fechei os olhos e continuei tentando dormir.

Depois de um tempo escutei ele levantar e pensei que ele já tinha terminado mas logo em seguida escutei ele me chamando e mexendo meu braço e eu pra não dizer que estava acordado enquanto ele se masturbou fingi estar dormindo, e na hora q ele pensou que eu estava dormindo senti algo quente encostando minha bochecha, se esfregando da até o canto da minha boca e percebi que ele tava batendo uma punheta e se esfregando no meu rosto, escutei sua respiração rápida e ofegante e ele gozou na minha cara, e senti a porra dele escorrendo no meu rosto todo, com essa sensação toda acabei me mexendo e escutei ele correndo pra cama e rapidamente deitar, e com tudo isso em nem sabia o que fazer, mal podia acreditar que meu primo tinha feito isso, só conseguia sentir o cheiro da porra em mim, e imaginando a cena dele levantando só pra gozar no rosto, e fiquei com medo, confuso e cheio de tesão ao mesmo tempo, depois mto tempo pensando nisso acabei ficando com sono pois já estava mto cansando me virei na cama esfregando o rosto no travesseiro pra limpar e dormi.

No dia seguinte acordei pensando nisso e fui o ultimo a acordar, fui lavar rosto e escovar os dentes, e fiquei pensando o que ele tava na cabeça, fiquei imaginando se eu realmente estivesse dormindo, e acordasse com ele gozando em mim, geralmente quando me acordam eu fico de mau humor nem imagino o que poderia ter acontecido, depois disso não sabia o que fazer ele conversou comigo como se nada tivesse acontecido e acabei fazendo o mesmo, depois ele me perguntou como eu tinha dormindo eu respondi que dormi feito pedra logo chegou os outros parentes e agi como nada aconteceu.

Quando ficou de noite e todos foram embora de novo, minha Tia sempre foi de dormir cedo e meu primo que sempre tinha o costume de ficar assistindo TV e fechar a casa, acabou que ficou só eu e ele e eu levantei e falei que já ia dormir, falamos boa noite e ele ficou assistindo TV, quando deitei não conseguia dormir fiquei no celular pensando se ele iria fazer isso de novo, escutei ele desligando a TV e vindo para o quarto, apaguei meu celular e fiquei deitado, quando ele chegou ele me chamou e me mexeu pra ver se eu estava dormindo de novo, eu só conseguia pensar no que tinha acontecido e acabei ficando de pau duro, aproveitei que ele me mexeu e virei meu corpo pra baixo, pra ele não perceber, ele me chamou de novo mexeu e eu fingi estar dormindo de novo, escutei ele tirando a roupa e ele começou a se masturbar ali msm de pé dessa vez o note dele tava desligado e tava tudo escuro e eu consegui ver ele abrindo um pouco um olho, dessa vez ele veio direto em mim, pegou minha mão e fechou no pau dele, e eu fiquei segurando de forma leve e pegou no meu braço e começou a bater uma com a minha mão e com tempo percebi que começou a ficar cada vez mais melado e fiquei pensando mto nisso porque meu pau não era de ficar tão melado como o dele, talvez porque ele seja mais velho, depois ele parou e tirou minha mão e começou a esfregar no meu rosto de novo e eu pensei que ele já ia gozar de novo e fechei meu olho mas logo em seguida ele começou a esfregar e melar meu lábios, um momento depois ele começa a puxar meu queixo pra baixo com a mão e percebi o que ele queria e minha cabeça já estava de lado na cama então já ia ser fácil, nesse momento eu já estava cheio de tesão e só conseguia pensar na cena da visão dele, nisso no calor do momento deixei minha boca bem leve e fui deixando ele abrir.

Na hora que ele colocou dentro da minha boca, senti gosto doce da cabecinha do pau dele todo melado de pré-gozo que deixava minha boca toda deslizante mais do que já é, e ficou metendo devagar e sempre colocando só metade do pau dele na minha boca, eu fiquei ouvindo a respiração forte dele e cada minuto que passava ele ia mais rápido e sua respiração ficava ofegante, depois de um tempo ele ficou bem rápido e prendeu a respiração por um segundo acho que pra evitar de fazer barulho mas isso só piorou porque logo em seguida e fica todo ofegante e gemendo bem baixinho, enfiou o pau o máximo que ele conseguiu e senti o pau dele pulsando, dessa vez metendo mais devagar e percebi que ele estava enchendo minha boca de porra, eu fiquei pasmo, não conseguia acreditar no que tava acontecendo, um gosto amargo na minha boca e logo minha boca estava completamente cheia, nisso ele ficou metendo bem devagar só a cabecinha por uns segundo e depois tirou bem lentamente o pau da minha boca e ao mesmo tempo empurrando meu queixo com a mão para fechar minha boca. escutei ele indo deitar e como eu estava virando para o lado contrário da cama dele abri meu olho, estava escuro mas dava pra ver bem tudo, meu travesseiro e o canto da cama todo melado, e minha boca ainda cheia e o sabor já tinha ficado menos amargo e mais doce.

No dia seguinte mesma rotina mas sempre que ia tomar banho eu batia uma pensando nisso, fiquei 2 meses na casa da minha tia e nisso já da pra imaginar como as coisas foram indo, mas se quiser saber como as coisas seguiram vou postar a parte 2.

Email caso queria contar sobre você ou saber mais detalhes incognitus.solum@gmail.com

Compartilhe com seus amigos:

1 comentário em “Meu Primo faz o que quer de mim”

Deixe um comentário