Meus homens

Olá sou aquele “homem” que usa nome de mulher e que quer ser tratada como uma vamos ao conto . Desde os meus 12 anos que amo uma linda pica isso culpa de um amigo de infância que de vez em quando ficava comigo em casa brincando , vou chamar ele de Dri .
Minha mãe tinha uma amiga na mesma rua nossa e ela costumava ir até a casa dessa amiga e eu ficava só com o Dri, foi numa dessas que ele resolveu passar a mão em minha bunda não sei o que me deu mais eu gostei e ele percebeu . Daí pra frente ele sempre dava um jeito de me colocar de quatro pra ele eu amava e sempre que ficávamos só ele me pegava de quatro nossa que delícia foi meu primeiro homem . Em um dia minha família resolveu mudar de casa eu não queria de jeito nenhum afinal ia perder meu namoradinho rsrsrs , mais não teve jeito mudamos foram dias e dias sem da , até que conheci o roby moreninho gato que ficava junto com a nossa turma na nova rua onde eu estava morando não demorou muito pra gente virar amigos e ficarmos mais separados da turma entre uma e outra brincadeira ele me perguntou se eu gostava de fazer troca troca kkkkk eu falei pra ele que eu só gostava de dar que ele era um gatinho ele disse que já desconfiava pelo jeito que eu olhava pra ele foi aí que ganhei vara por um bom tempo eu dava p ele até a de cada em um matinho que tinha lá aí era tão gostoso ele me comia quase todos os dias . Um belo dia ele tava me comendo deitado em cima de mim foi quando ouvimos uma voz era o Lucas um rapaz com mais ou menos 17 anos alto Moreno e também um gato delicioso ele me pegou dando não tive como negar pedi a ele pra não falar p ninguém, mais ele impôs uma condição… Eu tinha que da pra ele tbm é chupar o pau dele eu nunca tinha feito uma chupeta e sempre dava para pau pequeno dos meninos da minha idade , então falei que eu não ia da p ele de jeito nenhum então ele ameaçou contar pra minha família e contar para o pai do roby que ele me comia mandou o roby sair dali que eu agora era dele . Eu não tive escolha tive que chupar ele , ele tinha uma rola morena grande e grossa mau cabina na minha boquinha eu não sabia chupar e ele me ensinou o caminho , então tds as noites ele me chamava em casa e me levava até uma garagem se portão na nossa ria e eu ficava atrás de um carro chupando o pau dele , só que a chupeta não estava mais satisfazendo ele , ele agora queria me comer me rasga toda me fazer de menina mesmo. Foi aí que eu neguei não ia aguentar toda aquela tora dentro de min e mais uma vez ele me ameaçou eu não tinha escolha ou dava pra ele ou ele faria tds saber que eu na verdade era uma menina . Aí só de olhar na vara dele eu tremia imaginava aquela tora me rasgando toda pedi a ele pra deixar pro outro dia e ele topou mais me disse que não passaria do outro dia . Fui dormi e a imagem daquela pica não sabia da minha mente aí eu me deixei levar e disse a min mesma vou dar sim quero ser uma puta , uma vadia , uma cadela no cio. No dia esperado lá estava ele me chamando no portão de casa eu saí toda cheia de tesão sabendo que ia ser arrombada por ele fomos para a mesma garagem ele tirou o pau p fora e mandou eu deixar ele bem molhadinho que ia entrar maus fácil chupei um pouco e ele me mandou ficar de quatro pronto fiquei ,ele foi me comendo bem devagar ele já tinha comido umas meninas então sabia como fazer ,foi eu pedia vai devagar e ele foi bem na calma doeu no começo mais depois que entrou tudo foi só prazer ele me fez ficar nas nuvens e me falou tá vendo sou rabo negou todo e meu pau agora vc e uma menininha de verdade ,daquele dia em diante eu não ficava sem dar p ele , ate na casa dele ele me comeu e me deu ver os calcinhas da irmã dele que ela não usava maus , foram 8 anos sendo a puta dele dandi e chupando aquele gostoso tds os dias eu fiquei viciada na pica dele não suportava passar 2 dias sem da p ele . Hj ele tá casado e eu continuo dandi , chupando e até adotei um nome de mulher Michelly a putinha do bairro Bjss

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta