MINHA PRIMEIRA VEZ

Tenho 64 anos, o que vou contar aconteceu quando eu tinha entre 13 e 15 anos, morava no interior e tinha um amigo vizinho de casa que eramos inseparáveis, estávamos o dia inteiro juntos. Minha primeira troca troca foi com ele. Meu pai tinha um sitio de plantação de café perto da cidade e sempre
iamos de bicicleta, sempre os dois. Um belo dia a caminho, sentamos em uma sombra pra tomar agua e descansar, e estavamos de calção e camiseta e nao usavamos cueca, conversa vai conversa vem, ele falou vamos tocar uma punheta?, eu na hora aceite, e ja fiquei de pau duro e comecamos a tocar, ele chegou perto de mim e falou eu toco pra voce e voce para mim, topa?. Nunca tinha pego em outro pinto que não fosse o meu, mas por curiosidade aceitei, comecamos a acariciar o pau um do outro e de repente ele abaixou e comecou a me chupar, que sensação deliciosa, ele pediu para chupar ele tambem, dai fiz meu primeiro 69, depois de um tempinho gozei na boca dele e ele na minha, foi uma sensação estranha, mas confesso que gostei. Levantamos e continuamos até chegar no sitio, tinha um riozinho que passava nos fundos e era bem escondido e fomos la nos lavarmos, e ficamos pelados e quando olhei para ele estava com o pinto duro de novo, e o meu tambem começou a crescer, dai eu falei , voce tem uma bundinha muito bonita, ele falou gostou? eu disse adorei, ele virou de costa e falou ela é toda sua, e ficou de 4 e eu dei uma bela lubrificada com saliva e enfiei meu pinto que devia ter uns 14 vc e um pouco fino, ele era virgem mas nao deu trabalho para entrar, ele virou a cabeca e dei um beijo gostoso em sua boca, ele ficou louco de tesão e eu tambem, bombei bastante até gozar como nunca tinha gozado antes e deixei o cuzinho dele todo melado. Descansamos um pouco daí ele falou que agora era a vez dele me comer, eu deitei de bunda pra cima e ele veio, primeiro deu uma lambida no meu cuzinho que fiquei todo arrepiado, depois ele deitou em cima de mim, que delicia se sentir sendo coberto por outro macho, e ele foi abrindo minha bundinha e deu uma salivada que me deixou bem lubrificado, o pau dele era bem maior que o meu, devia ter uns 18 cm e bem grosso, pois tinha uns 3 anos a mais que eu, mas encarei com prazer, no inicio doeu um pouco, ele forçou a barra e entrou a cabeça , pedi para ele parar um pouco, e logo comecou a por mais, até sentir seus graos baterem na minha bunda, que sensação deliciosa, dai ele comecou a bombar com força e me chamava de putinha e dava tapas na minha bunda, até gozar gostos dentro de mim, senti o pau dele pulsar no meu cuzinho que era virgem dai ele tirou e escorreu toda aquela porra no meu cu, foi uma coisa que nunca esqueci, entramos no riozinho e tomamos banho e ficamos deitados na sombra descansando, e fomos embora, e por muitos anos fizemos troca troca gostoso, depois cada um foi para um lado e nunca mais nos vimos, ate ficar sabendo muitos anos depois que ele morreu em um acidente de carro.

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta