O coroa arregaçando a bucetinha rosinha da novinha

Sou um coroa de 42 anos, gosto de usar barba bem feita, sou bem comunicativo, amigo, divertido, amo cozinhar e adoro dar um trato em uma bucetinha novinha, é a minha tara, gosto de ver a novinha sofrer na vara, sou carinhoso e romântico adoro uma boa foda mas estava afim de arrumar uma namorada mas até o momento nada, um certo dia entrando no instagram me deparei com uma postagem de uma novinha loirinha chamava Andressa, curti sua linda foto, parecia uma princesa, impecável, eu curti a foto e comentei com um elogio, em 20 minutos ela me mandou um oi no direct, começamos o papo e por sinal ela era muito atenciosa e agradável, durante a conversa ela me disse que morava em Rondônia em uma cidade chamada Alta Floresta.

Trocamos zap e durante semanas conversamos e ela me disse que adorava coroa, trocamos fotos e fizemos vídeo chamadas, e certo dia ela me chamou em chamada de vídeo, para minha surpresa estava enrolada na toalha e tinha acabado de sair do banho, começou a dançar pra mim até que a toalha caiu, sei que ela fez de propósito, imagina aquele corpinho perfeito, ela tinha seus 16 anos e eu do outro lado bem longe dela, virei o rosto pra ela não ficar sem graça, mas ela disse pode olhar amor, será todinho seu, e a vontade foi apertando, a cada dia mais vontade eu tinha de ficar com ela, me disse que não queria só sexo que desejava namorar, em seguida me apresentou sua mãe que gostou muito de mim e no dia que sua filha fez 17 anos sugeriu de ela vir me ver. A Andressa tinha perdido o pai e seu padrasto a maltratava e a mãe dela torcia pra ela encontrar alguém que a amasse, então comprei a passagem e ela veio, quando ela chegou nem acreditei meu coração quase saltou pela boca e ela me deu um longo beijo na boca, nossa meu pau quase furou a calça de tanto tesão, entramos em meu carro e a levei para casa, chegando em casa ela sentou em meu colo de frente pra mim e foi me beijando, ela estava muito tarada, nossas línguas se enroscando na boca, comecei a passar a mão naquele corpo branquinho, toquei sua bucetinha e estava ensopada chegava escorrer de tanto que estava molhadinha, arranquei sua roupa com vontade, ela fez o mesmo estávamos ali com muita vontade de nos entregar, caímos no tapete felpudo de minha sala, fui beijando seu corpo todo e não dava pra enrolar já fui mamando seus peitinhos pequenos e desci pra chupar sua bucetinha, ela estava tão cheirosa que fiquei ali até ela gozar muito na minha boca e sugava seu melzinho com vontade, bucetinha tão pequena e deliciosa, toda rosinha, enquanto ela estava recompondo subir ate seus peitos e mamei mais um pouquinho, beijei seu pescoço sussurrando em seu ouvido palavras de safadeza, ela disse que ro mais sua língua em minha buceta então obedeci e chupei até que ela gritou alto e gozou de novo em minha boca e disse puta que pariu como você me faz gozar gostoso com sua chupada, ela me virou e veio por cima ficando de cabeça para baixo e começou a mamar meu pauzão de 20cm, ela engolia quase tudo e esfregava a buceta em minha cara ficamos assim por muito tempo, até que ela gozou muito, já estava com a boca e a cara toda melada e não resisti e jorrei jatos dentro da boca dela e ela tomou cada gotinha, depois voltamos nos beijar com nossas bocas com gosto de nosso prazer, fomos banhar e começamos a beijar no chuveiro foi muito gostoso, encostei ela na parede e levantei uma de suas pernas e cai de joelhos e chupei denovo sua buceta até que ela gozou de novo em minha boca segurando forte minha cabeça sobre sua buceta, saímos do banheiro e fomos para minha cama fui beijando ela bem gostoso e agora sem muita ansiedade, e meu pau já enorme foi esfregando devagar até que foi encontrando seu buraquinho e foi deslizando dentro de sua buceta apertadinha, ela gemia tão gostoso, e fui metendo devagar e beijando ela loucamente e apaixonadamente até que fui metendo mais forte, ela me segurou e disse devagar ta doendo um pouco, parei um pouco e deixei sua buceta acostumar com o tamanho do brinquedo, até que fui metendo rápido e forte, coloquei as pernas dela em meu ombro e me ti fundo ela gemia muito, e depois me mandava fuder, coloquei de lado e metia com vontade depois coloquei de quatro e puxei aquele cabelo loiro e fui metendo até talo e dando tapas em sua bunda que ficou vermelha e xingava ela de putinha, safada minha piranha, cachorra estava doida pra dar para o coroa né, ela gritava vai seu velho tarada come esta novinha, safado, cachorro, eu metia com tanta pressão que ela estava vermelha de tanta pika na buceta, coloquei ela pra cavalgar e ela sentava gostoso, estava tarada, e dizia a bucetinha está ardendo mas quero que você me fode, ai dei um tapinha em sua cara e puxei seu corpo pra sentar com tudo em meu pau e disse então vou enterrar tudo dentro de você cadelinha, toma meu pau agora é seu, fiquei em pé e e peguei ela no colo ela enroscou suas pernas ao redor de minha cintura e enfiei o pau dentro dela com vontade e levantava ela pra cima e pra baixo no ar, ela ficou doida e disse nossa acho que é o sonho de toda menina se comida assim, depois coloquei ela de bruço e meti a vara com meu corpo deitado sobre o dela e beijando seu pescoço, ela rebolava em meu pai até que enchi sua bucetinha era tanta porra que molhou bastante a cama, foram quinze dias de muito prazer, ela voltou com a buceta esfolada e me disse que tinha ate dificuldades pra fazer xixi porque ainda ardia, depois começamos a namorar e ela vinha todo mês pra minha casa em Brasília, ficamos juntos por dois anos, ela acabou conhecendo um rapaz mais jovem e foi morar com ele la perto de sua casa mesmo e engravidou, e hoje está só novamente, mas foi bom enquanto durou, se tiver alguma novinha querendo ser tratada desta forma me manda um email, e se for pra namorar melhor ainda, procuro alguém pra somar em minha vida, prometo que vou cuidar de você, investir em seus sonhos e te fuder muito, manda um email que te responderei com prazer, meu email é andersoncoroagato@gmail.com

Compartilhe com seus amigos:

3 comentários em “O coroa arregaçando a bucetinha rosinha da novinha”

Deixe um comentário