O Garoto da praia

Meu nome é Rafael, tenho 22 anos, 1,80 de altura, moreno claro, corpo sarado e com tatuagens, sem contar que tenho cabelo comprido. Mas não estou aqui para falar apenas de mim e sim de uma história recente.

Conheci um menino no grinder a uns 6 meses atrás, ele morava na praia, mas estava na minha cidade visitando a família, de primeira vez não conseguimos nos encontrar, mas seguimos conversando até sua segunda vinda a minha cidade.

Marcamos dele ir dormir em minha casa, chegando lá ele não era diferente das fotos, era ainda mais gostoso, tinha minha altura, moreno, malhado, eu já fiquei com muito tesao.

Como ele iria passar a noite, decidimos conversar e ver um filme, eu deitei no peito dele, não conseguia prestar atenção no filme, pois a mala estava marcando muito, e pasmem, ele não usa cuecas e no momento estava com shorts de futebol.

Eu coloquei a mão no pau dele e falei que não queria mais ver o filme, dali em diante começamos a nos beijar, eu fui descendo até seu pau, e quando eu tirei o pau dele pra fora eu fiquei chocado com o tamanho, deveria ter uns 22cm grosso, eu comecei a mamar, e falei para ele, eu acho que não vou aguentar, e ele falou que iria fazer com jeitinho.

Enquanto eu chupava o pau dele, ele chupava meu cu, deixando bem molhadinho, piscando pedindo rola, ele me dava uma chave de perna fazendo eu engolir o pau inteiro, fazendo me engasgar, não vou mentir, era uma delicia.

Na hora que ele foi meter em mim, preferi sentar, que assim eu controlava, passei muito lubrificante e fui sentando, até a cabeça entrar, aí deitei no peito dele e ele foi mexendo gostoso até meter o pau todo, e pelo incrível que pareça não doeu, estava uma delícia, e eu pedia pra ele socar forte e fundo, ficamos fazendo várias posições, e eu só queria aquele pau me fodendo mais.

Paramos para descansar, e voltamos a foder, isso foi umas 4 ou 5 vezes, até ele encher meu cu de leite.

Aí fomos dormir, e no outro dia eu acordei e pedi para ele me abraçar, e já comecei a roçar a bunda no pai dele que já ficou duro, coloquei só a cabecinha e ele meteu o resto, e dessa vez sem descanso eu pedi pra ele meter sem parar, era uma estocada mais forte que outra, e ele gozou de volta no meu cu que queria mais e mais.

Depois levantamos, tomamos café e ele foi embora.

Depois dessa primeira vez ele já voltou duas vezes, e ele sempre arromba meu cuzinho.

Leia mais contoerotico gay

Compartilhe com seus amigos:

2 comentários em “O Garoto da praia”

Deixe uma resposta