Perdi o cabacinho com 10 anos – Conto Erótico Privê

Eu tinha um colega que era muito chegado a gente brincava muito,nós tinha uma cabana,numa construção abandonada,a gente sempre ficava brincando de medico…

ele sempre me apricava injeção,sempre colocava o pauzinho dele na minha boca para ver a temperatura,depis apricava a injeção na minha bundinha,eu não sentia nada eramos crianças tinhamos um piruzinho pequeno e fininho,nem sei se entrava na minha bundinha,enviava ficava empurrando saia um liquido fininho e muito pouco,ele só ficava mexendo no meu piruzinho mas nunca colocou na boca só deixava eu colocar também na bundinha dele,a gente fazia isso sempre,um dia a gente estava na cabana começou a chover,meu amiquinho foi em casa apanhar um cobertor estava frio,na cabana tinha uma esteira,a gente passava muito tempo ali,só que ele não voltou,apareceu o Mauricio um garoto de 15 anos grandão,falou a mãe dele não deixou ele voltar,ai falei vou embora também o Mauricio falou espera um pouco deixa parar a chuva,ficamos começou a esfriar sentamos no chão e se cobrimos,começou a chover forte o tempo foi passando já de noite,fiquei com medo,muita chuva trovão.

O Mauricio me abraçou falou Estou aqui pra te proteger fica com medo não,com tempo cada trovão ele me agarrava mais,Ele deita ai deitamos numa esteira,ele me abraçou colocou a mão no meu peito e começou a mexer eu comecei a gostar ele começou a me encostar forçando eu virar de lado, Eu sem entender virei ele veio me encostou na minha bundinha,começou a cheirar minha nuca,mordendo de leve ,Eu sem inteder nada,mas achando gostoso,ele cada vez me apertando mais,até que ele me encaixou alguma coisa no meio as minhas pernas, fui deixando,ele mordendo meu pescoço e eu gostando,ele abaixou meu shorte começou a mexer na minha bundinha.

Eu tentei tirar mas ele era muito forte,quando senti um negocio no meio das minhas pernas levei um susto,quis me levantar ele falou calma não vou fazer nada,ele me apertou aquilo latejando quentinho fui deixando fui relaxando e ele continuou no vai e vem,ele pegou minha mão colocou no pau dele leveium susto ,não sabia que tinha um pau tão grande,tentei tirar mas ele segurou comecei a mexer na quele pau,com tempo até estava gostando começei a mexer com duas mão ele me ensinando como fazer,ele colocou a mão na minha cabeça forçou até o pau,ele dá uma chupadinha,começei a colocar na boca mas não entrava,ele só a cabeça,chupei só a cabeça

depois ele me colocou de quatro numa cadeira começou a lamber meu cuzinho molhava o dedo e passava e enfiava o dedo,até ai eu estava gostando minha tripinha estava durinha,derrepente ele tenta colocar na minha bundinha ele forçou eu começei a chorar estava doendo,ele colocava mais saliva e tentva de novo,sofri muito,depois muito tentar ele consequiu colocar a cabeça parecia que ele estava me rascando ele forçou tanto que acho que entrou tudo,Eu chequei a desmaiar de tanta dor,ele me arrombou todo,acordei com ele encima com o pau ainda na minha bunda,parecia que ele tinha jogado aqua dentro da minha bunda,mas era porra,ele foi tirando o pau eu deitei no chão não aquentava nem levantar,estava todo arrebentado.

Ele ainda fez eu passar a lingua no pau dele todo lambuzado,ele foi embora me deixou todo arrombado,depois da quele dia nunca mais voltei a cabana,o tempo passou me casei,mas sentia que estava faltando alguma coisa,fiquei traumatizado com pau grande,sai da cidade fui morar na capital com meus pais,depois de quarenta anos,voltei a cidade por que tinha falecido um tio que morava lá,Acabou eu indo lá era seis horas de viagem,Comprei uma passagem para meia noite pra chegar bem cedinho para ir ao enterro,Olha o que aconteceu na viagem,tinha uma familia viajando e ia soltar uma cidade antes da minha,na minha poltrona um garoto de 14 anos.

Eu um coroa e um moleke,começamos a conversar,no meio da viagem,o moleke puxando assunto de mulher e tal,depois da primeira parada ele me mostrou uma revista de mulher pelada,Eu falei teu pai vai brigar com contigo,Ele não liga não,começou a olhar e me mostrar,começei a ficar de pau duro e notei que o moleke mexendo no pau,ele falou acho que vou no banheiro bater uma punheta,Eu falei fica ai cara.

Humm to cheio de tezão,ele na maior cara de pau falou voce não quer bater uma pra mim,Eu sem jeito falei que isso muleke,To brincando tio,ficamos em silencio,fiquei pensando besteirao pau mais duro ainda,sem querer coloquei o braço na perna dele,ele sentiu botou o pau pra fora,pegou a minha mão e colocou no pau dele,vi que o pau era pequeno,comecei a gostar,lembrei da infancia começei a ficar com tezão,fiquei imaginando chupando uma rola não perdi tempo depois de velho cai de boca o moleque ficou doido segurou minha cabeça não demorou muito gozou na minha boca que gozada gotosa,leitinho quentinho,chupei tudo,ele obrigado tio,falei nada,na parada fomos fazer um lanche ele não falou nada,voltamos ao onibus senti que estava faltando algo ainda de pau duro,falei pra ele,Agora é sua vez,ele eu bato uma punheta pra voce mas só se voce deixar eu comer sua bunda,Eu que isso muleke.

Passou uns minutos o tezão foi mais forte,Eu doido para gozar,começei a vira a bunda pro lado dele,ele percebeu,começou a passar a mão na minha bunda,abaixei a calça ele colocou o pau no mu rego,pequei a mão dele coloquei no meu pau,ele colocou o pau no meu cuzinho começou o vai e vem,lembrei do tempo de criança,aquele garotinho me fazendo de puta depois de velho,acabou ele gozando na minha bunda e não doeu nada,ele ainda chupou meu pau até eu gozar.foi muito gostoso.Será que na volta eu arrumo outro macho,desde que tenha um pau pequeno.

Leia mais contos erotico gay novinho

Compartilhe com seus amigos:

16 comentários em “Perdi o cabacinho com 10 anos – Conto Erótico Privê”

  1. Depois de ler esse conto a inocência de dois moleques mas que no ato ficaram de pau duro nem sabendo pq ficaram e rolou até chegar aqui e expor isso lembrei do meu tempo de ensino médio em casa em momento de construção que eu e meus amigos usávamos pra fazer essas sacanagens que hj lembro não nego se tivesse essa cabeça de hj mamava meu amigo e tomava o leite dele até pq só de lembrar do pau dele duro na brincadeira na hora pedindo pra eu pegar não me forçou nada nunca mas tentou me comer num dia e quase fui laceando não nego mas ele sendo criança inocente tbm memso gostando daquilo eu pegar o pau dele eu ele é mais um amigo que brincávamos de esconde esconde na construção que era de gente rica e com tantos cômodos e ele doido sabendo que eu tava gostando de pegar no pau dele e bater ele nem chegava leitar meu arrependimento hj e esse pq até cheguei colocar aquele pau pelo menos a cabeça na boca e ele não sabia o que era leitar e queria colocar no meu rabo e por ficar doido desse dia por a cabeça do pau dele dura e sim babada deixei ele tentar meter meu rabo mas mesmo pequeno eu tbm criança inocentes mas ambos doidos eu louco pra sentir ele colocar ele duro querendo meter e acho que saber como era meter até mesmo que um cu deixei ele tentar meter mas não aguentei o pau dele era normal mas nunca tinha sido laceando até então por uma vara era bem fechado mesmo doido pra sentir como era levar o pau do meu amigo na hora mas ele forçou e ficou mais duro ainda e sentia que tava babando mais mesmo assim não aguentei levar o pau dele o que hj lembro sendo criança os dois querendo fazer fico doido de não mamar e não saber chupar ele é que saia leite gostoso pra tomar se soubesse na época eu mamária mto a pica dele e tomava o leite dele mto com tesão depôs um ano após isso que já sábia que queria tomar pau de macho levei de um colega de ensino médio o cara mais pequeno o pau mas me comeu perfeito dei e ele tirou meu laço de acordo não sei se ele sabia o que tava rolando mas me fazia ir no banheiro da escola no 2 ano do ensino médio pra mamar ele é aí sim amei e vi o que era tomar leite da macho ele ainda saia doce pouco leite grosso mas tomava e ele fazia eu engolir ainda se não eu apanhava hahaha será que sou puta por isso me ensinaram na escola ser assim puta de macho que manda?

  2. Sério tô de pau duro babado aqui de lembrar que perdi na época de mamar meu amigo por não ter feito nada ainda mas estar gostando pra caralho ele duro pedindo pra pegar nele e até que rolou mtas vezes essa brincadeira de sábado nessa obra ele não aguentou pediu pra mamar ele mas mamei só a cabeça e hj lembro que coloquei na boca aquela vara tão babada pq o dele babava mto hj sei que o mel da um tesão pra mim ainda mais mamar o cara que baba o pau mas qdo lembro disso que poderia ter mamado ele até leitar e tomar leite dele me da arrependimento

  3. Tempo bom,quando a gente não tinha maldade ,Era tão bão ficar mexendo no pauzinho do amiquinho, Era gostoso guando eu deixava o colequinha ficar passando aquela tripinha na minha bundinha,um uma delicia,e guando ele colocava na minha boca eu chupava e recebia uma coisa fininha e salgadinho,era muito gostoso,era muito bom aquele tempo,como era bom bater uma punhetinha.

  4. Gostei do conto gostaria de encontrar um garoto assim pois sou louco pra dar meu cusinho mas q tenha o pau pequeno tbm chupar é sentir o Gosto do leitinho de um moleque adorei

  5. Maravilhoso conto me fez até lembrar da minha iniciação, não sabia oque fazia mas gostava muito,os moleques na rua faziam filinha pra eu mamar é me comerem,fui arrombado mesmo com 15 anos e o cara era amigo do meu pai,começou com acusadas nas pernas,bundas ,um beijo …passou um mês eu fui dormir na casa dele pois era amigo do filho dele,qnd foi de madrugada acordei com ele colocando o pau na minha boca e alisando minha bunda,gostei comecei a sentir seu dedo na portinha,me colocou de quatro é começou a beijar meu cuzinho,preparando para aquela rola grande entrar em min,fiquei parado sentindo ele colocar quando passou a cabeça uma dor enorme mas passou logo pois ele era extremamente carinhoso,após um tempo metendo gozou gostoso dentro me fazendo sentir prazer sem encostar no meu pau. Gostamos muito durante uns três anos,ele se mudou perdemos contato mais até hj eu lembro de nossas brincadeiras. Adoro um homem maduro se alguém quiser entrar em contato me chama no wats 994027205 pra trocarmos uma idéia.

    1. Isso aconteceu comigo quando eu tinha 8 anos mas foi com 3 adulto com mais de 20 anos os cara Tonho o pau enorme moráva-mos no curió em uma casa de taipa e meu pai ia construir um casa nova e contraiu uns pedreiros eu 3 serventes então eles ficará alojado em um barracão que meu pai Guarda mantimentos e os pedreiros ficavam em um quarto vaio que tinha em casa e eu a tardezinha ia pro barracão escutar os cara falar besteira fiquei amiguinho dos caras que eles pedirão pra meus pais deixar eu dormir la com eles é meus pais falaram que não tinha problema era só eles montar minha cama la ai um dia tava rolando muita besteira e eles teclando que fazia dias que eles não comia ninguém ai um falou pra mim Joãozinho vc bem que podia ajudar agente né, eu sem saber de nada falei como ele respondeu sendo nossa putinha eu perguntei que jeito ai ele pois um baita pauzão pra fora e falou só vc chupar e da a bundinha pra nós falei mas é se minha mãe descubrir? Ele falo como? Só se vc contar pq nós não vamos falar nada daí mas eu nunca fiz isso eu não sei fazer eles falou vc aprende isso é bom falei então ta fui na cama com oq tava com o pau pra fora e peguei no pauzão enorme dele e ele mando eu chupa e colocou o Peru na minha boca era tão grande que só entrou a cabeça na minha boca os outros vieram todos pelados de pneu duro tive que chupar os 3 tentaram comer meu cu eu não aguentei eles parou com medo de eu gritar ai fizeram minha bunda sem por o pau dentro de meu cu e gozaram na minha boca e na minha bunda e fizeram eu enguli a porra deles 3 ai virei a mulherzinha deles toda noite tinha que chupar o pau dos 3 e beber a porra deles.

      1. Isso durou 4 meses até qua acabou a obra e eles foram embora. Mas quando eu tava com 9 anos e eu tava indo pra escola encontrei um tal de jacaré ele tinha 28 anos era solteiro e trabalha num sítio vizinho de meu pai ai ele falou o Joãozinho vc quer ganha um Cruzeiro eu inocente la lei quero ai ele mostrou o dinheiro e falou vc quer mesmo? Falei quero ai ele falou eu te dou mas vc tem tem que ir ali comigo falei ta bom eu vou ai ele me levou num matinho e disse te dou o dinheiro se vc chupar meu pau e da o cuzinho pra mim. Ai eu como já sabia falei mas seu pau for muito grande eu so chupo pq não aguento no cu ai ele falou não é muito grande não só tem 25 centímetro como não sabia quanto média o dos outros que eu culpava falei quero ver ele colocou o pauzão pra fora parecia um poste de tão grande e duro há babado falei ta Loco aguento isso no meu cu não ele falo aguenta sim a Olga filha do meu patrão e me no qu vc é ela guenta, Eu falei mas eu tenho so 9 anos ele falou mas a Olga ten so 8 vc sabe ela estuda com vc, E ela aguenta tudo no cuzinho e na buceta ai ele falou vou por devagarinho se vc não aguentar eu paro falei ta bom como eu já era acostumado chupar rola peguei o pauza dele comecei chupa rápidos ele gozou um monte de porra na minha boca e sem ele manda eu enguli tudo já era acostumado beber porra ai ele falou ta vendo vc já é um viadinho vc aguenta si meu pau no seu cuzinho e o pau dele continuava duro ai ele me colocou d4 lambuzou bem meu com cuspe Pio o pau e começou empurrar com muito trabalho entrou a cabeça enorme me escureceu as Vista vi estrela parecia que ele tava rasgando meu cu tentei escapar mas ele seguro e falou calma vc vai aguentar ele ficou parado quando tava parando a dor ele deu mais uma empurrada entrou bem a metade eu tava chorando de tanta dor ele falava calma calma meu viadinho jaja entra tudo e vai parar de doer quando ia parando a dor de novo ele deu outra empurrada dai entrou tud pq senti as bola dele bater na minha bunda foi outra dor orrivel mas logo parou de doer e ele começou a bomba até goza dentro do meu cu fui pra escola cheguei atrazado com o cu errombado e cheio de porra. Dai pa frente fiquei refém dele pq ele falou que se eu não desse pra ele todo dia ele ia contar pra todo mundo que comeu meu cu ai como ele era migo de meus pais todo dia ele ia em casa trocar conversa com meu pai depois falava Joãozinho vamos la em casa a Olga que que vc ajuda ela nos deve RS da escola, mas eu ja sabia que tinha que ir era pro mato da o cu pra ele mas e te que um dia ele foi com a Olga em casa pensei que aquele dia tava livra mas foi engano ele levou eu e a Olga pro mato e comeu eu é ela mas de presente comi a Olga tbm mas ela não gostou pq meu pau era pequeno ainda ai virou rotina todo dia ele comia meu cu na frente da Olga e comia o cu e a buceta dela foi assim até meus 13 anos quando meu pai vendeu o sítio e fomos embora pra Rondônia. Que quiser saber mais vem no meu whatsapp 67 991763627. Te muito mais coisa pra contar até incesto rolou e foda com travestis

  6. Queria eu ter a sorte de encontrar uns novinhos matador de rola ,iam mamar meu pau o dia todo sou viciado colocar o pau na boquinha e dar leitinho na garganta se tiver algum aí interessado chamá no zap 19996245648

  7. Certo dia eu vinha de uma reunião em uma outra cidade. Chegndo à minha cidade estava escurecendo quando derrepente uma garotinha levantou e pediu carona. Ela devia ter uns treze anos. Entrou no carro usando somente um vetidinha curto e transparente sem sutiã e sem calcinha. Coloquei a mão no seu colo e ela automaticamte colocou a sua mão no meu pau. Fiquei louco de tesão. Aquela coisinha linda só com um vestidinha era demais, uma tesão de criança. Depois de uns trez Km vi uma clareira aberta na mata. Entrei com carro uns metros e parei. Ela se jogou no meu colo abaixando o vestido e apareceram dois lindo peitinhos. Comecei a cariciá-los e chupá-los
    Saimos do carro e acoloquei no capô do carro, Nos beijamos a valer, chupei muitos seus seios e sua xana. Depois desceu do capô e colocou todo o meu cacete na boca e a devorava loucamente. Ficamos um bom tempo assim, depois a detei no capô do carro ela abriu as penas linas com a xana fumegando. Tirei o meu cacete a a enfiei até ao fundo naquela criança linda e sexy. Depois de um tempo gozamos jutos, ela se retorcia e gemia de prazer e eu louco por aquela coisa gostosa. Foi um sexo maravilhoso. Era perto da cidade e eu esqueci de pedrir seu núnero de telefone e nunca mais a vi, Mas foi um sexo.

  8. Meu nome é camila tenho 18 anos moro com meus pais perdi meu cabaço com 12 anos com um amigo do meu pai de 57 anos. Era um domingo esse amigo do meu pai chamava luis tinha um bar do lado de casa, meu pai estava jogando sinuca com um outro amigo dele o bar estava lotado. Eu estava de vestido sem calcinha e luis dono do bar estava sentado numa cadeira perto do balcão assistindo o jogo. Eu fui e pedi para me sentar no colo do luis ele deixou! Eu levantei meu vestido e luis viu que eu estava sem calcinha, e me sentei no colo dele: eu era virgem só de buceta de cú nao era mais pois já dava o cú para meus primos. Eu dei uma leve levantada do colo do luis e pedi para tirar o pinto dele fora da bermuda. Luis tirou o pau eu sentei e fui mexendo a bunda no colo dele até o pau dele ficar duro e entrar no meu cú. Como a mesa tapava nossa frente eu abri as pernas e luis me enfiou o dedo rapidinho! Logo sentou outro amigo do meu pai na mesa para conversar com luis: ele viu eu de pernas abertas e deixei ele pegar na minha buceta, nisso luis gozou no meu cú e se levantou para ir se limpar. Eu falei baixinho para ricardo esse outro amigo do meu pai disfarçar e tirar o pinto dele. Ele ficou com medo de alguém ver e falou para irmos no banheiro que seria melhor. E logo meu pai foi embora para casa almoçar e ficou facio. Ricardo foi no banheiro dei um tempo fui atras! Fiquei com a mão na parede e ricardo me tirou cabaço da buceta gostoso! Seu luis fechou as portas do bar e os 5 homens que ficou no bar me fuderam gostoso.

Deixe uma resposta