Uma Garota de Programas Dominada Pelo seu Cliente

Boa tarde, me chamo Roberta, sou acompanhante de luxo há muitos anos, porém vou trazer aqui um relato sobre um atendimento que gostei muito, foi muito interessante e diferente pra mim, espero que vocês gostem também.

Primeiro vou me descrever: sou uma ruiva baixinha, com um rabo enorme e uma cintura fina, e seios pequenos, porém deliciosos.

Eu estava no Rio de Janeiro fazendo uma temporada, e havia um cliente que tentava sair comigo há um bom tempo, contudo não conseguimos por conta da pandemia, e ele mora no Rio de Janeiro, prontamente ao saber que eu estaria no Rio, se programou para me ver.

Marcamos de nos encontrar em um motel, e fui até lá, já estava louca de tesão pois sabia que ele queria me dominar, e eu adoro essa ideia, só não havia encontrado alguém ainda que sabia realmente fazer isto. Conversamos durante um bom tempo, eu tomei umas cervejas e fomos para o quarto, neste motel tinham dois ambientes.

Ele pediu para que eu colocasse um biquíni bem pequeno, e assim obedeci, coloquei o menor biquíni que tenho bem socado no meu rabo e quase sendo engolido pela buceta, o cara ficou maluco com o quanto eu estava sendo putinha naquele momento e ordenou que eu me ajoelhasse no chão, após isso ele socou o cacete que já estava rígido dentro da minha boca, fazendo com que eu engasgasse e babasse nos meus seios nus, e enquanto eu engolia aquele cacete, ele dava leves tapas na minha cara com as costas das mãos, e dizia que eu era uma putinha muito Safada e que iria me sujar toda pra eu obedecê-lo.

Não satisfeito com a humilhação que estava me fazendo passar, pegou uma sacola com alguns acessórios, e desta sacola ele tirou duas algemas e prendeu meus braços por trás, me deixando totalmente submissa e pronta pra fazer comigo o que ele quisesse, com as mãos para trás e ajoelhada no chão feito uma cadela, eu levava tapas na bunda enquanto engolia sua rola de vez em quando, depois disso ele me jogou na cama de frente e com os braços para trás, colocou a camisinha e socou o pau com tudo na minha buceta, que a esta hora nem precisava de lubrificante, pois estava molhada de tesao com aquela situação.

Depois de socar muito o pau dentro da minha xoxota molhada, ele me soltou das algemas e ordenou que eu cheirasse o cacete dele, estava cheiroso, e me mandava lamber as bolas, enquanto isso eu continuava sendo xingada de cadela, vagabunda, putinha, e apanhava como estava merecendo. Em determinado momento ele me colocou no chão novamente e me fez ajoelhar, e tirou daquela sacola uma coleira de cachorro, colocou no meu pescoço e me fez abanar o rabo, como uma cadela obediente e feliz faz, pegou um papel carbono e me sujou toda, eu estava parecendo uma mendiga cadela, e obediente, e estava amando aquilo, eu andei pelo quarto de coleira e abanando meu rabo enquanto apanhava na cara e na bunda, durante esse processo fui penetrada algumas vezes enquanto ouvia xingamentos deliciosos, e pedia por favor ao meu senhor que não me xingasse, mas quanto mais eu pedia mais ele fazia, por fim, ele me colocou ajoelhada novamente e bateu uma punha até gozar na minha cara de vadia. Tomamos banho, eu me limpei, e fui embora feliz com o meu dinheiro e me sentindo uma completa putinha. Só faltou ele penetrar no meu cuzinho, mas tudo bem, quem sabe das próximas vezes…

Espero que tenham gostado amores, se gostarem contarei mais experiências dos meus atendimentos.

Compartilhe com seus amigos:

Deixe uma resposta