Minha primeira experiência com uma trans. Foi incrível

Olá, me chamo Marcos ( Nome fictício) e vou contar como foi minha primeira experiência com uma trans.

Tudo começou com uma brincadeira de trabalho, eu e meus amigos fizemos um acordo que todo mês um de nós iríamos pagar uma garota de programa para a gente se distrair um pouco de nossos casamentos. Quando chegou o meu mês fui em um site e comecei a olhar as gorotas tinhas mulheres lindas e gostosas hahahah. Fiquei na dúvida é decidi escolher uma em outro dia com mais calma. No dia seguinte no trabalho em uma roda de conversas começamos a comentar de nossas experiências sexuais e uma das meninas(bi sexual) que estava conosco começou a contar a experiência que teve com uma trans, ela a conheceu a conheceu em uma balada, porém achou que ela uma mulher, pois as características eram femininas e ela estava meio bêbada e não notou, começaram a se pegar na festa e quando já estavam loucas ela chamou a trans para ir em sua casa, chegando lá ela se suspendeu a saber que ela era trans, ela disse que já estava lá, não ia deixar passar disse que deu gostoso para trans e que a comeu com um consolo também. Aquilo me deixou curioso, decidir que ao chegar em casa iria ver como era as trans aqui da cidade. Entrei no site novamente e após olhar algumas garotas decidir mudar a categoria e ir na seção das trans, chegando lá tinha algumas, uma mais ou menos e tinha uma que chamou bastante a minha atenção, o nome dela era Sabrina, morena cabelos longos, pele clara, pernão, cara de safada e um rabo enorme. Fiquei meio receioso de enviar mensagem mas acabei enviado, ela me respondeu com um áudio com uma vez extremamente sexy e safada, conversamos um pouco e foi isso. Estava bastante inseguro e falei que ia chamar ela novamente. Passei a noite pensando se devia me permitir essa experiência ou não, então decidi que no dia seguinte iria mandar mensagem novamente para ela.

Mandei mensagem para ela e novamente ela me respondeu com um áudio com aquela voz sexy. Conversei mais um pouco e disse que era minha primeira experiência com uma trans e estava muito inseguro e que se ela poderia apenas realizar um boquete em mim, queria começar aos poucos em outra oportunidade poderia fazer o programa completo, ela disse que sim e que eu poderia ficar tranquilo que ela iria cuidar bem de mim, com isso me sentir mais confortável e marquei com ela para esse mesmo dia a noite. Chegando no horário marcado estava eu lá no hotel que ela marcou comigo local super discreto cheguei na recepção falei que uma pessoa me aguardado em um determinado quarto e subi, chegando lá tive uma ótima surpresa ela era melhor doque eu imaginei, rostinho angelical, estava com uma lingerie super sexy, peito de silicone imenso, bunda muito grande Aff, muito linda.

Entrei no quarto tremendo e ela disse para eu relaxar, com a vós falhando disse que estava nervoso pois nunca tinha feito isso. Ela falou que não iria me precionar a nada se eu não tivesse legal poderia desistir e voltar em outro momento mais seguro, e me deu as costas, penso en desistir mais quando vi aquela calcinha atolada em seu cu decidir ficar. Falei com ela que não e que queria continuar, ela falou com uma vez extremamente sexy -Você não vai se arrepender eu prometo. Sentou na cama e me puxou para perto e colocou meu pau para fora, ele estava mole pois estava nervoso, ela disse para relaxar e começou a me masturbar e beijar minha rola, com isso fui ficando mais relaxado e meu pau foi endurecendo, quando ele estava duro ela o colocou na boca, nossa que boca quente e molhada, o meu pau endureceu ainda mais ficou duro feito rocha e ela mamando gostoso, dizendo que minha rola era uma delícia tentou colocar todo na boca mais não conseguiu, minha pica nem cabia em sua boca direito, ela chupava a cabeça e as bolas, cuspia em meu pau. Aquilo me dava maior tesão, nisso pedi para ela ficar de 4, e ela fez ficou de quadro mamando e eu comecei a alizar sua bunda, que bunda linda e macia. Ela me pediu para deitar na cama e continuou me chupando eu estava todo arrepiado. Quando ela falou nossa sua pica é muito gostosa e que ela nunca tinha dado para uma pica tão grossa assim é que queria me sentir dentro dela, falei que o acordo foi apenas o boquete que não tinha levado dinheiro pra o programa inteiro. Ela disse que não iria me cobrar pois ela queria dar por tesão e não por dinheiro. Como já estava morrendo de tesão e doido para comer aquele cu maravilhoso não neguei fogo. Ela pegou o preservativo colocou em meu pau e ficou de quatro eu cheguei por trás e coloquei a cebeca do meu pau em seu cuzinho e fui empurrando devagar, o cu dela era extremamente apertado e entrou com bastante dificuldade e ela urrava de dor e tesão, dizia que eu estava rasgando o seu cu e que era para ir devagar, quase 10 minutos depois consegui colocar meu pau todo em seu cu e fiquei ali parado para ela ir se acostumando. Fiquei pulsando para ela ir relaxando e a cada pulsada ela dava um gemido que me deixava louco. Comecei um vai e vem bem devagar, e ela gemia bem gostoso com o tempo fui aumentando a intensidade e ela pedindo para eu meter mais forte comecei a socar cada vez mais forte em sua bunda ela gemia, gritava, dizia que meu pau era uma delícia que estava rasgando ela e que nunca tinha sentido tanto prazer assim, puxei ela pelo cabelo e continuei metendo, deu uns tapas em sua bunda e metia cada vez mais. Nossa que trans gostosa nunca imaginei que pudesse comer uma trans e seria assim tão bom. Coloquei ela deitada de lado e meti minha rola o seu cu apertava meu pau dava maior tesão ela me xingava, dizia que eu estava rasgando ela inteira, perguntei se ela queria que eu parasse, ela prontamente disse que não que queria ficar arrombada. Continue metendo, pedi para ela ficar de 4 novamente pois queria ter aquela visão linda novamente, e dessa vez meti minha pica inteira de uma única vez, foi bem mais fácil de entrar porém acho que ela sentiu dor, pois gritou feito louca e me deu um tapa, eu não estava nem aí, já estava no clima e só queria deixar ela arrombada, metia cada vez mais forte nossos corpos se batiam e fazer aquele barulho, quando estava perto de gozar eu a avisei ela disse que queria sentir meu leite em sua boca. Tirei a camisinha e gozei em sua boquinha, ela engoliu tudo é não deixou cair uma gota. Após isso deitou já cama e eu estava em êxtase, meio tonto por conta da gozada, sentei ao seu lado ela me perguntou o que achei, falei que foi ótimo e que voltaria novamente com toda certeza. Me ajeitei paguei ela é fui embora, três dias depois eu queria mais, mandei mensagem para ela porém ela já não estava mais aqui em minha cidade. Pois ela viaja em cidade e cidade realizando programa. 1 mês depois ela veio em minha cidade e me mandou mensagem dizendo que estava aqui e que estava com vontade de sentir minha pica novamente. Fui correndo comer ele cu gostoso.

Então esse foi meu conto de minha experiência com uma trans. Se tiver bastante comentários vou contar como foi a experiência entre eu, ela é minha esposa que acabou descobrindo que comi uma trans.

Leia mais contos eróticos trans

Compartilhe com seus amigos:

7 comentários em “Minha primeira experiência com uma trans. Foi incrível”

    1. Nossa como da pra uma travesti e gostoso principalmente se ele tiver o pau grande e Grosso devido chantage quando eu tinha 9 anos tive que da o cu pra um vizinho de 28 anos que tinha uma rola de 25 cm. Da grossura de uma garrafa de Coca-Cola ele fazia eu ir todo dia da pra ele é ele fazia ir de calcinha minha mãe pegou eu vestindo a calcinha dela e fez eu contar tudo pq eu tava com a calcinha dela e eu contei que tinha que ir da o cu pro vizinho e tinha que ir de calcinha ela entedou como ela era costureira recortou e costurou uma calcinha dela d eichando bem pequena e mandou eu trocar de calcinha pq as calcinha dela era grande pra mim dai fui da pro cara quando ele viu eu com a mini calcinha enfiada na bunda ele ficou louco deu duas gozada no meu cu sem tirar o pau de dentro minha mãe conversou com meu pai e contou tudo e meu pai falou com o cara que era pra ele me comer em casa pra ninguém descobrir nada e não comentarem que eu era viado e minha mãe comprou umas calcinhas pra mim daquelas tipo fio dental e meu castigo foi ter que uzar so calcinha e ter que ficar em casa pelado só de calcinha e meu pai contratou o cara pra trabalhar no sitio e ele veio morar em casa e dormir comigo no meu quarto e quando meus pais perguntava dele pra se referia como meu marido perguntando cade teu marido e pra ele perguntavam cade tua mulher? Isso durou 4 anos quando meu pai vendeu o sítio e fomos embora pra Rondônia.

  1. Em Rondônia meu pai tinha comprado umas terras e lê vou 3 famílias pra lá era irmãos e irmã de minha mãe eram 11 primos tud adulto e um dia eu estava só em casa como sempre nú so de calcinha der repente chega 3 de meus primos e pegaram eu no flagra so de calcinha e já falaram então tu é viadinho Joãozinho eu tentei explicar dizer que não era viado e falei tud que aconteceu e pq eu uzava calcinha eles disseram se tu ja deu o cu por tanto tempo tu é viadinho sim tu vai ter que da a Buda pra nós eu ja tava a quaze um ano sem da o cu e tava com vontade acabei dando para os 3 e o resto ficou sabendo logo eu tava dando para os 11 primos e para um tio solteirão de 45 anos que tinha uma picona de 28 cm. Era o mais cavalo de todos ai toda família ficaram sabendo que eu uzava calcinha ai eu uzava de boa se esconder de ninguém era normal até minhas primas me ver de calcinha acabei comendo 3 primas minha de 16 15 e 13 anos com 19 anos sai de casa e vim embora pra Campo grande ms.

  2. Aqui em campo grande continuei com o mesmo costume uzando calcinha pós nunca usei cueca aqui conheci várias travestis e sempre fiquei com ela conheci uma travesti linda tipo mulherão ela tinha uma rola enorme de 31 cm. Essa eu dei pra ela por muito tempo depois me casei tenho 28 anos de casado 4 filhos homem e uma menina que hj ta com 24 anos e como ela desde o os 9 anos e meu filho cacula hj tem 22 anos tirei a virgindade de con 16 anis que ainda nao tinha comido ninguem ele me come ate hj meus filhos cresceram me vendo de calcinha pois em casa fico só de calcinha quem comora minhas calcinha é minha mulher e minha filha semore me da calcinhas de presente. Eu e minha mulher mantemos u relacionamento com uma linda travesti super feminina que tem uma baita rola de 29 cm. Eu não como ela só ela me come e come minha mulher esse relacionamento ja dura mais de 6 anos devido o tempo e por ela nao fazer programa só transa com agente é quem come ela é meu filho agente não usa camizinha ela tem um salão de bela a com várias funcionárias. Quem quizer saber tudo em detalhe sobre minha vida sexual vem no whatspp 67991763627.

Deixe um comentário